Compras

Amazon lidera ranking de satisfação de compra no Brasil, mostra levantamento

Crédito: Pixabay

Segundo o estudo, a Amazon (74,6) é empresa mais bem avaliada em termos de experiência de compra (Crédito: Pixabay)

Antes de você sair comprando na Black Friday de 2020, vale saber onde está pisando. Há e-commerces com melhores experiências de compra que outros e isso diz muito sobre os problemas que você pode ter. Para ajudar você nesse périplo, publicamos aqui um levantamento da SoluCX, empresa especializada em pesquisa de satisfação, que já fez o caminho: mostrou quais sites tiveram as melhores avaliações e recomendações durante o período de pandemia.

Segundo o estudo, a Amazon (74,6) lidera o ranking de satisfação. Em segundo lugar está a Netshoes (70,3). Seguem Dafiti (67,6), Magazine Luiza (66,2), Mercado Livre (66), Zattini (65,8), Centauro (65), Saraiva (64,6), Lojas Americanas (63,2) e Fast Shop (63,2) no posto de dez marcas com as melhores avaliações entre as plataformas de revenda de produtos.

+ Marcas de luxo abrem temporada de descontos da Black Friday
+ Black Friday: 6 jeitos de evitar ser roubado(a) no e-commerce

A característica mais bem avaliada foi a qualidade do produto adquirido, com 94,7% de aprovação, seguido pelo acompanhamento de pedido (92,3%) e canais digitais (91,6%). Já as piores avaliações foram o custo-benefício, com 15,4% de desaprovação, seguido de prazo de entrega (14,9%) e atendimento (10,3%). 

Quando o termômetro é a popularidade entre os consumidores, empresas como Lojas Americanas (91,2%), Mercado Livre (90,5%), Magazine Luiza (80,5%), Casas Bahia (80,2%), Netshoes (71,3%), Submarino (71,1%), Saraiva (65%), Ponto Frio (64,2%), Amazon (63%) e Carrefour (62,2%) foram apontadas como as dez marcas mais citadas pelos respondentes.

“É interessante observarmos que os indicadores validam uma tendência que já apresentava adesão no mercado. Além disso, também notamos as diferenças entre os mais populares e os que apresentam uma melhor experiência para o seu cliente, apontando que nem sempre uma coisa está atrelada à outra”, afirma Tiago Serrano, CEO e cofundador da SoluCX.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel