Tecnologia

Amazon afirma que sistema de reconhecimento facial consegue identificar medo

Antes, o Rekognition já era capaz de identificar traços de felicidade, tristeza, irritação, surpresa, repugnância, tranquilidade e confusão

A Amazon afirmou nesta semana que o Rekognition, o seu software de reconhecimento facial, já é capaz de identificar medo. O sistema integra o serviço de nuvens da Amazon Web Services (AWS) e é disponibilizado para desenvolvedores de programas em todo o mundo. O produto constantemente é alvo de polêmicas e criticado por seu potencial uso na invasão de privacidade das pessoas.

Em nota, a AWS afirmou que uma atualização do sistema o deixou mais preciso na análise de expressões faciais, com melhoria na identificação de gênero, emoções e faixa etária. Antes, o Rekognition já era capaz de identificar traços de felicidade, tristeza, irritação, surpresa, repugnância, tranquilidade e confusão.

“A análise facial gera metadados sobre as faces detectadas na forma de gênero, faixa etária, emoções, atributos como sorrisos, pose facial, qualidade da imagem facial e pontos de referência da face”, afirmou a empresa.

O sistema é baseado em inteligência artificial a partir da análise de centenas de milhares de fotos. O Rekognition já foi criticado por entidades devido ao seu possível emprego no controle social, principalmente após a divulgação do seu uso por autoridades que atuam nas fronteiras dos Estados Unidos. Em defesa, a Amazon afirma que o sistema é utilizado para a defesa de vítimas de crimes.