Dinheiro em Ação

Alta do petróleo eleva ação da Petrobras

Alta do petróleo eleva ação da Petrobras

Papéis avulsos

O petróleo vem batendo recordes no mercado internacional. O barril de óleo Brent voltou a ser negociado acima de US$ 80 em setembro, o maior patamar desde novembro de 2014. Rússia e Arábia Saudita se recusam a atender aos pedidos americanos de elevar suas produções, o que pressionou as cotações. Com isso, os papéis da Petrobras vêm mantendo uma forte valorização no pregão da B3. Em 2018, a elevação é de 26%. Segundo os analistas da Toro Radar, a perspectiva ainda é de alta no médio prazo. Se esse movimento se confirmar, os preços podem se aproximar de um patamar de resistência de R$ 21,40, representando elevação de 6,5% em relação ao fechamento da terça-feira 25. O bom humor dos investidores tem fundamento. O aumento no preço do petróleo contribuiu para o resultado da petroleira, que lucrou R$ 10 bilhões no segundo trimestre, o melhor desempenho trimestral desde 2011.

 

Varejo

Via Varejo abraça as finanças

A Via Varejo, que administra Casas Bahia e Ponto Frio, fechou na semana passada um acordo com a empresa de tecnologia Getnet, do Santander, para oferecer serviços financeiros aos 4,1 mil vendedores de seu marketplace. O entendimento, que tem exclusividade de três anos, habilita os parceiros a antecipar recebíveis de cartões, gerar boletos e possibilita também o acesso a um sistema antifraude, entre outros serviços. É a segunda iniciativa no segmento de finanças que a companhia anuncia em setembro. No começo do mês, a Via Varejo divulgou o fechamento de um acordo com a empresa de tecnologia Airfox Brasil para ofertar aos clientes a possibilidade de pagar o carnê Casas Bahia de maneira digital. As ações caem 30,5% no ano.

 

Construção

GWI assume conselho da Gafisa

A gestora GWI, do coreano Mu Hak You, conseguiu apoio suficiente dos acionistas da Gafisa para destituir o Conselho de Administração da construtora em assembleia realizada na terça-feira 25. No mesmo encontro, Mu Hak formou um novo grupo, liderado pelo advogado da GWI André de Almeida, e assumiu cinco das sete cadeiras. A gestora compra ações da Gafisa desde outubro do ano passado e hoje possui 37% do capital social. Agora, Mu Hak pretende implementar uma administração mais rígida, com foco no corte de gastos.

 

Energia

Cemig aposta em fontes eólica e solar

A Cemig, estatal mineira de energia, vai realizar no começo de outubro um leilão para comprar novos empreendimentos de fontes eólica e solar. Após a perda da concessão de três hidrelétricas no ano passado, que geravam 1.972 megawatts, a companhia aposta na contratação de fontes renováveis alternativas como meio de garantir recursos adicionais para atender aos contratos de fornecimento no mercado livre, no qual tem 20% de participação. O leilão prevê a contratação de energia por meio de novos projetos pelo prazo de até 20 anos. É a segunda vez no ano que a companhia vai às compras.

 

Touro x Urso

As incertezas em relação à corrida eleitoral, que trazem volatilidade para o mercado, e a disputa comercial entre Estados Unidos e China impactou o desempenho do Ibovespa. Na semana passada, até quarta-feira 26, o principal índice da Bolsa tinha queda de 0,91%. No ano, o índice se mantém no azul com avanço de 2,95%.

 

Infraestrutura

Sabesp faz acordo com Guarulhos e recupera R$ 3,2 bilhões

A Sabesp assinou, em 21 de setembro, um acordo para prestar serviço de saneamento em Guarulhos, o segundo maior município do Estado de São Paulo, com 1,3 milhão de habitantes. O entendimento, que vem sendo alinhado há alguns anos, traz uma solução definitiva para o débito de R$ 3,2 bilhões da cidade com a empresa presidida por Karla Bertocco. A dívida se refere ao não pagamento pelo fornecimento de água. A quitação do débito estava sendo negociada em 480 parcelas. Mas, com o acordo, essa condição melhorou, segundo analistas de mercado. Pelos termos do entendimento, a dívida será abatida em parcelas até o fim do contrato. As ações caem 22% no ano.

Palavra do analista:
De acordo com Sandra Perez, da Coinvalores, outro destaque positivo do acordo é o compromisso da prefeitura de Guarulhos de realizar investimentos de R$ 1,7 bilhão durante o contrato. “As ações devem responder de forma positiva à novidade”, diz.

 

 

Mercado em números

BNDES
R$ 12 bilhões – É a nova meta de venda de participações do banco neste ano, anunciada na semana passada

ODEBRECHT
R$ 4 bilhões – É o montante que a construtora planeja arrematar na área de energia do País nos próximos três anos

VIGOR
R$ 50 milhões – É o montante que a empresa de alimentos está investindo para reposicionar a sua marca no mercado brasileiro

KROTON
3,8 mil – É o número de alunos que a companhia incorporou com a compra da rede de colégios Centro Educacional Lato Senso, localizada na região Norte do País

GRADIENTE
50% – Foi a queda no valor das ações da companhia após a derrota judicial sobre o uso da marca iPhone no Brasil