Economia

Alpargatas: mercados, farmácias e inovação dão resiliência às vendas da Havaianas

Alpargatas: mercados, farmácias e inovação dão resiliência às vendas da Havaianas

Alpargatas: melhor resultado e margem para o mês desde 2014

Em junho, a Alpargatas registrou o melhor resultado e margem para o mês desde 2014 para a Havaianas Brasil. O crescimento de vendas de 8% em relação ao mesmo período de 2019 foi impulsionado principalmente pela alta reposição de produtos em supermercados, lojas de conveniência e farmácias. A marca ainda captou tendências de consumo e lançou meias para usar com chinelos, apostando no conforto ao ficar em casa. A Havaianas teve crescimento da receita líquida de 5% em maio e 25% em junho.

Lucro Líquido da Alpargatas no 2º trimestre é de R$ 44,5 milhões, alta de 53,1%

CVM aceita proposta da J&F Investimentos para encerrar processo sobre Alpargatas

“A relação das pessoas com as marcas se fortaleceu no período. No e-commerce, com as inovações que lançamos, os clientes consomem produtos além das sandálias ou chinelos”, diz o presidente da Alpargatas, Roberto Funari. No comércio eletrônico, o crescimento da receita foi de 272% no segundo trimestre, ante o mesmo período de 2019. A empresa avalia que ele foi impulsionado por lançamentos como a linha sparkle, meias e a linha Pride, voltada à celebração do público LGBT+.

Adaptação

A empresa chegou a reduzir sua produção entre março e abril, para adaptar as fábricas aos novos padrões de segurança. “Fizemos reduções e suspensões de contrato, mas nunca paramos, nem demitimos. Hoje estamos contratando”, diz Funari. Ele conta que, como os insumos de produção da Alpargatas tem base nacional, a empresa não sofreu com a falta de insumos da China. Logo, o maior desafio em termos de produção foi adaptar o chão de fábrica para evitar contaminações entre os funcionários. “Temos visto nas nossas fábricas índices da doença parecidos com os dos respectivos estados em que se encontram”, afirma o presidente.

Internacional

A Havaianas Internacional registrou crescimento da receita líquida de 12% no trimestre, atingindo 46% da receita líquida total da Alpargatas. No mesmo período de 2019, a participação era de 33%. Em maio e junho, o crescimento da Receita Líquida de Havaianas Internacional foi de 61% e 57%, respectivamente.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?