Giro

Alexandre Garcia é demitido da CNN após defender tratamento precoce

Crédito: Reprodução TV

Alexandre Garcia (Crédito: Reprodução TV)

O jornalista Alexandre Garcia foi demitido da CNN nesta sexta-feira (24). A emissora divulgou uma nota indicando que a rescisão foi tomada devido as posições do comentarista, que são contra a ciência.

Mais cedo, o jornalista foi desmentido no ar durante uma participação ao vivo, no quadro “Liberdade de Opinião”, por defender o tratamento precoce contra a covid-19.

A CNN informou que o quadro “Liberdade de Opinião” continuará dentro do jornal “Novo Dia”.

Candidatos se enfrentam em último debate na TV antes de eleições na Alemanha



Veja o comunicado:

“A CNN Brasil comunica que rescindiu o contrato com o jornalista Alexandre Garcia nesta sexta-feira (24). A decisão foi tomada após o comentarista reiterar a defesa do tratamento precoce contra a covid-19 com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada. O quadro “Liberdade de Opinião” continuará na programação da emissora, dentro do jornal “Novo Dia”. A CNN Brasil reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo.”

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km