Negócios

Alemanha prevê que fabricantes devem atualizar celulares por 7 anos

Crédito: Pixabay

Segundo as instituições, a medida visa beneficiar as regulamentações ambientais (Crédito: Pixabay)

A União Europeia e o governo federal da Alemanha querem estabelecer que os fabricantes de celulares disponibilizem atualizações de segurança por sete anos. Segundo as instituições, a medida visa beneficiar as regulamentações ambientais.

+ Alemanha se abre para brasileiros

Segundo matéria do TecMundo, a norma também prevê peças de reposição por um preço “razoável”. As fabricantes devem ainda publicar os preços das peças de reposição com antecedência e entregá-las ao consumidor, quando solicitadas, em no máximo cinco dias.

Já a DigitalEurope, que representa empresas como Apple, Samsung e Huawei, defende um período máximo de atualizações por três anos e reposição de peças por dois anos. A proposta da UE deve entrar em vigor em 2023.



Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km