Giro

Alemanha estende até setembro restrições a viagens para 160 países

Crédito: POOL/AFP

Chanceler alemã, Angela Merkel - POOL/AFP (Crédito: POOL/AFP)

A Alemanha anunciou, nesta quarta-feira (26), que estenderá até 14 de setembro suas restrições a pessoas que viajam para a maioria dos países de fora da União Europeia (UE), uma medida em vigor desde março, devido à pandemia da COVID-19.

O governo “decidiu estender os avisos para viagens turísticas não essenciais a países de fora da UE até 14 de setembro”, um dispositivo planejado até 31 de agosto, disse a porta-voz do governo Ulrike Demmer, durante uma entrevista coletiva em Berlim.

Pompeo continua no Bahrein viagem para aproximar Israel aos países árabes

Fórum Econômico Mundial anuncia adiamento da reunião anual de 2021 em Davos



“Cada um deve se perguntar se uma viagem a um território considerado de risco é essencial, ou não”, afirmou a porta-voz, ressaltando que o combate à pandemia exige “uma certa responsabilidade individual”.

As advertências aos viajantes não são uma proibição, mas buscam ter um efeito dissuasório, com a vantagem de permitir que cancelem suas reservas gratuitamente.

Esta medida consiste em alertar que, quando se viaja para um determinado país, o viajante pode ser submetido a uma quarentena mais ou menos longa, dependendo das medidas de saúde adotadas naquele local e que também poderá ser forçado a se isolar durante duas semanas após seu retorno à Alemanha. A exceção fica para quem apresentar um teste negativo para o novo coronavírus de menos de 48 horas.

Essas recomendações são feitas com base na classificação dos países como áreas de risco elaborada pelo Robert Koch Health Institute. Embora existam advertências para viajantes de cerca de 160 países, cerca de 130 são considerados de risco.

Devido aos surtos do coronavírus na Europa durante o verão, Berlim estendeu essas restrições aos viajantes de várias áreas de seus vizinhos europeus, como a maioria das regiões da Espanha, sudeste da França, a cidade de Bruxelas, ou vários territórios de Romênia, Bulgária e Croácia.

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km