Economia

Alcolumbre diz que decidiu encerrar sessão por falta de acordo de procedimento

Sem avançar em nenhuma das pautas do dia, o presidente do Senado, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), encerrou a sessão do Congresso desta quarta-feira. “Tentei fazer acordo de procedimento”, disse. “Acho que os lideres não entenderam, mas no final praticamente se criou um consenso, mas já não dava mais tempo”, afirmou.

O Congresso ia analisar hoje vetos presidenciais e 24 projetos de lei do Congresso Nacional que abrem crédito extra ao Orçamento da União. Entre os vetos, 14 feitos pelo presidente Jair Bolsonaro à minirreforma eleitoral. Partidos de centro e oposição fecharam um acordo para derrubar seis deles.

Entre os pontos que podem ser alterados, está o que abre brecha para um aumento do fundo eleitoral a critério dos parlamentares. Dirigentes partidários atuam para que o valor destinado a campanhas de prefeitos e vereadores no ano que vem seja de R$ 4 bilhões. O governo havia proposto R$ 2,5 bilhões.

Alcolumbre marcou uma reunião para quinta, às 9h, no seu gabinete com todos os líderes para definir um acordo de procedimentos para a próxima sessão agendada para terça-feira, 26.