Política

Alcolumbre confirma que sessão do Congresso para vetos fica para o dia 30

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), confirmou que a sessão do Congresso Nacional para analisar vetos do presidente Jair Bolsonaro ficou para o próximo dia 30, conforme o Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, havia antecipado. Anteriormente, a votação estava prevista para esta quarta-feira, 16.

Alcolumbre adia há mais de um mês a reunião de deputados e senadores destinada a analisar vetos polêmicos, entre eles a desoneração da folha salarial para 2021, o novo marco do saneamento básico e o pacote anticrime. Na prática, o governo ganha mais tempo para negociar com os parlamentares. Na mesma sessão, os congressistas poderão votar projetos de lei orçamentários. A pauta, porém, ainda não foi definida.

O clima tenso entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, acabou respingando na agenda do Congresso. Para parlamentares, o governo tenta adiar a sessão para evitar uma derrota agora enquanto ruídos acontecem. Além disso, o calendário das convenções partidárias para as eleições municipais também interferiu no cronograma.

“Não tem acordo nenhum e vão empurrando com a barriga. Isso mostra o desarranjo na Economia e o desconforto com Paulo Guedes”, afirmou o líder do PSL no Senado, Major Olimpio (SP), que pressiona pela derrubada do veto à desoneração da folha. O benefício garante pagamento de impostos menores para empresas de 17 setores da economia até 2021. A equipe econômica é a favor da manutenção do veto. Governistas, porém, já admitem derrota.

Na próxima semana, o Senado irá realizar um mutirão de sabatinas e votações secretas para analisar indicações de Bolsonaro a embaixadas. Além disso, também haverá votação de indicações para o Superior Tribunal Militar (STM). De acordo com nota da assessoria de Alcolumbre, esse é o motivo para a sessão do Congresso não ocorrer na próxima semana.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?