Mundo

Agência reguladora do Chile aprova uso da CoronaVac em crianças a partir de 3 anos

Crédito: REUTERS/Rodrigo Garrido

Criança recebe dose da vacina contra Covid-19 CoronaVac em escola pública em Concón, no Chile (Crédito: REUTERS/Rodrigo Garrido)

SANTIAGO (Reuters) – A agência reguladora de saúde do Chile aprovou nesta quinta-feira a aplicação da CoronaVac, vacina contra Covid-19 do laboratório chinês Sinovac, em crianças maiores de três anos, ampliando seu uso no massivo e rápido plano de imunização local.



O país sul-americano tem utilizado a vacina da Sinovac como bandeira de seu bem-sucedido programa de imunização, que já vacinou completamente mais de 13,8 milhões de seus 19 milhões de habitantes.

+Covid-19: proteção da CoronaVac pode ser menor em pessoas com HIV

“Temos antecedentes suficientes para aprovar a vacina em crianças a partir dos três anos”, disse o chefe do Instituto de Saúde Pública do Chile, Heriberto García.

Em setembro, o órgão já havia aprovado a dose para crianças maiores de seis anos.



No país, a vacina da Pfizer-BioNTech é aplicada em pessoas a partir dos 12 anos.

Apesar de um aumento no número de infecções nas últimas semanas, o país tem conseguido flexibilizar as restrições que foram impostas para combater a pandemia, apoiado na efetividade do programa de imunização.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHAO0LP-BASEIMAGE


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?