Ciência

Agência Europeia de Medicamento recomenda dexametasona para casos graves de covid-19

Agência Europeia de Medicamento recomenda dexametasona para casos graves de covid-19

Ampolas de dexametasona para injeção - AFP/Arquivos

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) recomendou a dexametasona, medicamento da família dos corticosteroides, nesta sexta-feira para o tratamento de pacientes graves com covid-19 que precisam de oxigênio. A OMS também já fez essa indicação.

Essa decisão permite que os laboratórios farmacêuticos que fabricam a dexametasona, medicamento frequentemente utilizado em outras indicações, solicitem que esse novo uso seja oficialmente incluído em sua autorização de introdução no mercado.

“Com base nos dados disponíveis, a EMA aprova o uso de dexametasona em adultos e adolescentes (maiores de 12 anos e pesando pelo menos 40 kg) cuja condição requer administração de oxigênio”, disse a EMA em um comunicado.

A Agência confia em particular nas conclusões do estudo British Recovery publicado em junho.

“Em pacientes intubados [conectados a um ventilador por meio de um tubo inserido na traqueia], 29% dos casos tratados com dexametasona morreram após 28 dias de tratamento, em comparação com 41% daqueles que não receberam” o tratamento, lembrou a EMA.

“Em pacientes que receberam oxigênio sem serem intubados, esse número foi de 23% com dexametasona e 26% sem” a droga, acrescentou.

No entanto, “nenhuma redução no risco de morte foi observada em pacientes que não receberam oxigênio”, conclui a Agência.

Uma série de estudos publicados em 2 de setembro no jornal médico americano Jama também mostrou que os medicamentos de toda a família dos corticosteróides reduzem a mortalidade em 21% após 28 dias em casos graves de covid-19, combatendo a inflamação característica das formas graves.

Nenhuma outra droga mostrou um efeito significativo na redução da mortalidade.

Isso levou a OMS a recomendar “o uso rotineiro de corticosteróides em pacientes com forma grave ou crítica” de covid-19.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?