Artigo

Afinal, por que eu devo guardar dinheiro?

Afinal, por que eu devo guardar dinheiro?

Alguma vez você já se perguntou por que deve guardar dinheiro? Caso ainda não tenha feito essa provocação a si mesmo , chegou o momento de se questionar – e, mais além, buscar uma resposta. Guardar dinheiro é diferente de investir. Posso dizer que é um passo anterior.  Talvez, este seja o passo mais importante, porque ele abre um caminho que, dificilmente, você vai desanimar de tão gratificante e libertador.

E qual seria o caminho ideal?

Antes de chegar lá, vou começar pelo caminho que não deve ser seguido, porque é ele que, sem querer, acabamos percorrendo. A maioria das pessoas não guarda dinheiro nem investe – mais de 80% dos trabalhadores no Brasil, segundo levantamento feito Instituto Axxus. Outro erro comum é querer dar passos mais largos, antes de fazer o básico: muitas pessoas “põe o carro na frente dos bois” e buscam entender sobre fundos de investimentos, produtos financeiros ou jargões do mercado sem nem mesmo ter começado a acumular patrimônio, então, não entendem como funciona o mecanismo e desistem. Não seja uma dessas pessoas.

É preciso  começar pelo básico. Significa que, antes de tudo, é fundamental começar guardando dinheiro independentemente da quantia. Quando isto se tornar um hábito, automaticamente será desenvolvida uma mentalidade de acumulação e, melhor ainda, de longo prazo. Inicia-se assim, uma jornada que construirá por conta própria ao longo de sua vida. Se não o fizer, ninguém fará isso por você.

O valor referente a 5% ou 10% de sua renda já é suficiente para começar. É fundamental que este dinheiro seja guardado imediatamente após cair na sua conta. Na hora de definir a quantia, você deve pensar em um valor que você se comprometa a guardar todos os meses. Por isso, é importante que não seja algo que exija muito esforço, como começar guardando 50% da sua renda, por exemplo. A chave para o negócio é ter disciplina e paciência.

Veja um exemplo para deixar claro como é importante o pensamento dos investimentos constantes, mesmo que não sejam valores altos: Para chegar em um patrimônio de R$ 100.000,00 (investindo no tesouro selic) em um ano, o seu esforço mensal deve ser de aproximadamente R$ 8.100,00, enquanto que para chegar no mesmo patrimônio no período de 20 anos, o seu esforço deve ser de aproximadamente R$ 210,00 por mês. Você não vai ficar rico do dia para a noite, mas em 20 anos você pode.

Depois de criar o hábito de guardar dinheiro, você deve buscar a resposta da pergunta que iniciou o artigo: por que devo guardar dinheiro?

Começa assim uma trajetória que, como disse anteriormente, é gratificante e libertadora. Gratificante pelo fato de colher os frutos que foram plantados ao longo dos anos. Libertadora, porque você passa a ter confiança na sua capacidade, recursos a sua disposição para que tenha flexibilidade em mudar de carreira e de vida quando quiser e, mais importante de tudo, se torna protagonista da sua própria vida.

 

(*) Otavio Machado é Coordenador de Crédito na Creditas, principal plataforma online de crédito com garantia do Brasil. Graduado em economia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Otavio já passou por empresas como MRI Brazil e Hewlett Packard Enterprise. Especialista em educação financeira, Otavio já fez mais de 10 cursos sobre o tema e ajudou clientes da fintech com consultoria financeira, com o objetivo de educá-los para fazer melhor uso do crédito, preparando também planilhas e simuladores. Desde 2017 na Creditas, seu desempenho e resultados o levaram de analista para coordenador em 10 meses de casa.