Edição nº 1143 21.10 Ver ediçõs anteriores

Afago a garimpeiros e acusações à Vale

Afago a garimpeiros e acusações à Vale

Na terça-feira 1º, o presidente Jair Bolsonaro fez um discurso improvisado e enérgico na porta do Planalto. A multidão que o ouvia era formada por garimpeiros que pediam apoio para exploração na região da Serra Pelada (PA). Aos representantes da Cooperativa de Mineração dos Garimpeiros de Serra Pelada (Coomigasp), Bolsonaro disse que, se houver amparo legal, vai enviar as Forças Armadas para assegurar a exploração mineral no local. O presidente ainda fez duras insinuações à Vale, empresa da qual o próprio governo é acionista. “[A Vale] saiu [de Serra Pelada], mas está bem do lado fazendo um buraco que se chama Projeto Serra Leste, está mandando para fora do Brasil falando que é ferro, só que o que ela está levando é ouro e não se está prestando conta disso. A Vale coloca nos vagões terra, vai para o porto e vai direto para a China”, disse, sem apresentar qualquer evidência. Por essas e outras, Bolsonaro é tido como uma ameaça ao meio ambiente.

(Nota publicada na Edição 1141 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Intervenção divina

Santa Dulce dos Pobres. É como passou a se chamar, desde o domingo 13, Irmã Dulce, a primeira santa brasileira, canonizada pelo Papa [...]

Cafezinho consciente

A rede Octávio Café entrou para o time das empresas que fazem bem para o planeta. Desde a quinta-feira 17, seis cafeterias da companhia [...]

O sangue que salva vidas

É de assustar, mas, segundo o Ministério da Saúde, apenas 1,6% da população doa sangue regularmente. Isso corresponde a 16 pessoas para cada mil brasileiros. E esse número ainda cai em períodos de férias e feriados. Devido à necessidade de promover ações para a manutenção dos estoques de sangue do País, a empresa Mercado Eletrônico […]

O impacto do vazamento de petróleo no nordeste

Depois de semanas em que o mundo se acostumou a ler notícias sobre as queimadas na Amazônia, a bola da vez é o mar brasileiro. Desde o [...]

Dias melhores na Kellogg

Para ajudar a combater a fome no País, a subsidiária brasileira da Kellogg doou, de janeiro a junho, 36,4 toneladas de alimentos para [...]
Ver mais