Dinheiro em Ação

AES quer sair da distribuição de energia no Brasil

Destaque no pregão

O resultado da AES Eletropaulo melhorou em 2016. O prejuízo caiu para R$ 228,5 milhões, ante os R$ 313,9 milhões em 2015. Mesmo assim, a matriz americana quer sair do Brasil. O relatório de resultados, divulgado na segunda-feira 27, quando o mercado brasileiro estava fechado, indica que a Eletropaulo será colocada à venda. “Como parte da mudança estratégica para reduzir a exposição da AES ao negócio de distribuição brasileiro, a expectativa supõe um desinvestimento da Eletropaulo até 2020”, informou a AES em comunicado ao mercado americano. No quarto trimestre, a Eletropaulo teve prejuízo de R$ 91,8 milhões, ante um desempenho negativo de R$ 40,7 milhões no último trimestre de 2015. Boa parte desse prejuízo no trimestre deveu-se à variação cambial de Itaipu e à atualização dos ativos financeiros setoriais. No Brasil, a AES atua com distribuição (AES Eletropaulo), e geração de energia hidrelétrica (AES Tietê) e termelétrica (AES Uruguaiana). No dia 23 de fevereiro, a empresa iniciou sua migração para o Novo Mercado. No ano, as ações sobem 13,7%.

Palavra do analista:
Com recomendação neutra, por ser uma ação de alto risco, os analistas da Citi Corretora destacam que, apesar das várias iniciativas para melhorar a lucratividade, eles mantêm uma postura cautelosa pela contração do volume de vendas e dos riscos de excesso de oferta.

 

Varejo

Números amargos no Pão de Açúcar

Em seu sétimo trimestre consecutivo no vermelho, o Grupo Pão de Açúcar (GPA) reduziu seu prejuízo líquido para R$ 29 milhões, no último trimestre de 2016. Em igual intervalo de 2015, as perdas somaram R$ 384 milhões. No ano passado, o grupo teve prejuízo líquido de R$ 1,077 bilhão, alta de 290% sobre os R$ 276 milhões de 2015. Crescimento só na bandeira Assaí, que teve lucro 56,9% maior no quarto trimestre, de R$ 146 milhões. No ano, as ações da companhia sobem 5,3%.

 

Alimentação

Depois de prejuízo, BRF vai mudar sua gestão

DIN1008_emacao3O prejuízo líquido de R$ 460 milhões no quarto trimestre, puxado por custos mais elevados de matérias-primas, forçou a cúpula da BRF a ajustar sua gestão. Em 2015, no mesmo intervalo, a empresa lucrou R$ 1,415 bilhão. “Não queremos ficar à mercê dos ciclos”, afirmou o presidente do conselho de administração da BRF, Abilio Diniz. A companhia vai criar um comitê de gestão para melhorar a ligação entre a produção e o consumidor.

 

Touro x Urso

DIN1008_emacao4Em uma semana mais curta por conta do Carnaval, o ritmo da bolsa brasileira foi ditado por acontecimentos externos. Entre eles, os dados da produção industrial da China, em seu sétimo mês seguido de alta, e os investimentos trilionários em infraestrutura a serem anunciados pelo presidente americano Donald Trump, que contribuíram para a alta do minério de ferro e do aço.

 

Papéis avulsos

Marfrig reduz perdas e dívida cai em 2016

DIN1008_emacao5

DIN1008_emacao6A companhia de alimentos Marfrig, comandada por Martin Secco Arias, encerrou o quarto trimestre com prejuízo de R$ 270,7 milhões, cifra que cresceu 38,8% em comparação com os R$ 194,9 milhões de 2015. No acumulado do ano, o resultado foi negativo em R$ 726 milhões, redução de 49% sobre o prejuízo de R$ 1,424 bilhão de 2015. Apesar do exercício ainda no vermelho, a companhia reduziu em 4% sua dívida bruta, do terceiro para o quarto trimestre, encerrando o ano com dívida de US$ 3,4 bilhões. Para o time de analistas do BTG Pactual, há um limitado potencial de geração de caixa livre pela Marfrig, no curto e no médio prazo, mas a alavancagem líquida da companhia deve ser reduzida. A relação entre a dívida líquida X Ebitda, atualmente em 3,7 vezes, deve cair para 3 vezes ao fim de 2017.

 

Mineração

Murilo diz ao povo que sai da Vale

DIN1008_emacao7O contrato de Murilo Ferreira, presidente da Vale, expira em 26 de maio e não será renovado, divulgou a mineradora na sexta-feira 24. Apesar de os nomes não serem oficialmente confirmados pela mineradora ou pelos principais acionistas da companhia, estão cotados ao cargo Luciano Siani, diretor-financeiro da Vale, Peter Poppinga, diretor de ferrosos, e Clovis Torres, vice-presidente de recursos humanos. Ex-executivos da mineradora também estão no páreo, como Nelson Silva, atualmente diretor de estratégia da Petrobras; José Carlos Martins, hoje conselheiro da NovaAgri; e Tito Martins, que preside a Votorantim Metais.

 

DIN1008_emacao2

Mercado em números

Engie do Brasil
R$ 1,548 bilhão – É o quanto a produtora de energia elétrica destinará aos seus acionistas, o que equivale a 100% de seu lucro líquido em 2016, ou R$ 2,37 por ação

Via Varejo
R$ 750 milhões – Foi o prejuízo acumulado pela companhia, que controla as marcas PontoFrio e Casas Bahia, no ano passado

Suzano
R$ 540 milhões – É o investimento que a fabricante destinará às unidades Mucuri e Imperatriz – cifra 21,29% maior que a previsão anterior -, e que dobrará sua produção de lenços de papéis para 120 mil de toneladas

Randon
R$ 158,1 milhões – Foi a receita líquida consolidada da fabricante de implementos rodoviários em janeiro.
O número é 31,8% menor em comparação com janeiro de 2016

Energia
R$ 186,18 – É o preço do megawatt-hora da energia spot na região Sudeste. O preço no mercado livre acumula alta de até 39%, em todas as regiões, com exceção da Norte, diante de volumes menores de chuva