Política

Advogado-geral da União pede demissão nesta segunda (29)

Crédito: Arquivo / Agência Brasil

Em documento, José Levi diz ao presidente que pede exoneração "com o meu mais elevado agradecimento pela oportunidade" (Crédito: Arquivo / Agência Brasil)

Nesta segunda-feira (29), o advogado-geral da União, José Levi Mello do Amaral Júnior, pediu demissão do cargo de ministro. Em documento, José Levi diz ao presidente que pede exoneração “com o meu mais elevado agradecimento pela oportunidade”.

+ Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, pede demissão

De acordo com informações da CNN, o substituto deve ser André Mendonça, que deve deixar o Ministério da Justiça e reassumir o comando da AGU. Ele esteve no comando da entidade entre janeiro de 2019 e abril de 2020. Já Levi, assumiu depois do pedido de demissão do ex-juiz Sergio Moro.

O dia foi de mudança no governo. Pela manhã, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, deixou o cargo. Já na parte da tarde, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, anunciou sua saída. Mais tarde a secretária de Educação Básica do MEC, Izabel Lima Pessoa, também pediu para sair.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel