Giro

Adolescente usou dinheiro da avó para comprar bitcoins e aos 18 virou milionário

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

Aos 11 anos, o garoto usou um presente da avó de mil dólares e gastou tudo em Bitcoin, que na época custava cerca de US$10. (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)

A história do jovem Erik Finman  é um exemplo do impacto que a radical valorização do Bitcoin ao longo dos últimos dez anos teve na vida daqueles que perceberam seu potencial e investiram cedo.

Finman contou nesta semana, em entrevista ao site americano Insider, como foi durante um protesto político que ele conheceu o Bitcoin pela primeira vez: o símbolo da moeda, um B laranja cortado por duas linhas verticais, estava estampado na camiseta de um ativista, que contou ao jovem adolescente que aquilo iria “destruir” Wall Street.

+ Bitcoin pode sofrer a maior queda da sua história nos próximos meses

O jovem relata que, imediatamente, ao voltar para casa, pesquisou sobre a moeda, e se apaixonou por ela. Usou um presente da avó de US$1 mil e gastou tudo em Bitcoin, que na época custava cerca de US$10.



Finman conta que, a partir daí, gradualmente usou dinheiro de seu trabalho para comprar mais moedas, além de obter lucros em operações de venda em momentos de alta. Já aos 18 anos, tornou-se um milionário com a valorização brutal da moeda.

Atualmente, aos 22, ele investe em negócios ligados ao ecossistema de criptomoedas, e é dono de 423 bitcoins, o que na cotação atual equivale a cerca de R$ 85 milhões. E tudo começou com um cheque de sua avó.

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km