Agronegócio

Açúcar bruto recua na ICE com tensões geopolíticas; café robusta toca mínima

Açúcar bruto recua na ICE com tensões geopolíticas; café robusta toca mínima

Trator em plantação de café em Santo Antonio do Jardim, cinturão do café, Brasil.

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) – Os contratos futuros de açúcar bruto na ICE fecharam em queda nesta quarta-feira, com as tensões entre a Rússia e a Ucrânia mantendo os investidores afastados, embora as perdas tenham sido limitadas pela alta nos preços do petróleo, que pode reduzir a produção de açúcar no Brasil, maior produtor. [MKTS/GLOB] [O/R] [FRX/]

AÇÚCAR



* O açúcar bruto para março fechou em queda de 0,29 centavo de dólar, ou 1,5%, a 18,49 centavos de dólar por libra-peso​​. O açúcar caiu nas últimas três sessões.

* O dólar manteve-se abaixo de uma máxima de 2 semanas e meia, com investidores interessados ​​em manter ativos seguros. Um dólar forte torna as commodities cotadas em dólar, incluindo o açúcar, mais caras para investidores não americanos.

* Operadores disseram que os especuladores permaneceram à margem após uma grande redução de sua posição comprada no adoçante.

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!



* “Acho que isso é uma tendência contínua por causa de questões políticas macro e globais”, disse um corretor dos EUA.

* Olhando para o futuro, a CovrigAnalytics disse que espera que o mercado global de açúcar registre um pequeno excedente de menos de 0,6 milhão de toneladas em 2021/22, graças à maior produção na Índia, Tailândia, Paquistão, Europa e México.

* O açúcar branco para março caiu 4,20 dólares, ou 0,8%, para 499,80 dólares a tonelada.

CAFÉ

* O café arábica para março subiu 1 centavo de dólar, ou 0,4%, para 2,389 dólares por libra-peso​, tendo ganho 2,1% no fechamento da terça-feira.

* “O mercado de arábica tem encontrado dificuldade para romper a resistência de (cerca de) 2,50 dólares. Mas problemas na cadeia de oferta e um balanço apertado devem continuar a sustentar os preços em (ou) acima de 2,20 dólares no curto prazo”, disse o Citi em nota.

* O Citi vê um pequeno superávit global de café de 1,1 milhão de sacas para 2022/23, mas alertou que as recentes chuvas excessivas nos principais produtores Brasil e Colômbia podem apertar o equilíbrio do mercado no futuro.

* O café robusta para março caiu 19 dólares, ou 0,8%, para 2.218 dólares a tonelada. O contrato atingiu uma mínima de 2 meses e meio anteriormente, em 2.211 dólares.

(Reportagem de Marcelo Teixeira e Maytaal Angel)

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI0P10G-BASEIMAGE