Economia

Acordo na Nova Caledônia para venda de usina de níquel da Vale

Acordo na Nova Caledônia para venda de usina de níquel da Vale

Usina de níquel da Vale em Nova Caledônia em 2015 - AFP/Arquivos

Os independentistas e os legalistas da Nova Caledônia anunciaram nesta quinta-feira um acordo sobre a venda de uma usina de níquel do grupo brasileiro Vale, tema que agita há vários meses o arquipélago francês no Pacífico Sul.

O acordo foi assinado entre os governantes da província sul (legalistas), onde fica o gigantesco complexo industrial da Vale, o presidente independentista do Congresso, Roch Wamytan, e diretores de um coletivo de independentistas que eram contrários à venda a um consórcio caledônio e internacional que incluía a empresa suíça Trafigura.

“É uma solução caledônia, pacífica e benéfica para”, disse Wamytan, que coordenou as negociações sobre o tema delicado nas últimas duas semanas.

O níquel é um tema eminentemente político na Nova Caledônia e a venda da usina provocou uma explosão da violência no fim de 2020. A unidade está fechada desde 10 de dezembro, depois que foi atacada por opositores. Quase 3.000 empregos diretos e indiretos estão em perigo.

Apesar da oposição inicial dos independentistas, a multinacional suíça Trafigura integra o novo acordo e terá participação de 19%.

Uma holding de mineração pública (SPMSC), que inclui as três províncias caledônias, terá 30%, os funcionários e a população local 21% e uma empresa financeira 30%. A nova empresa recebeu o nome Goro Resources.

A outra grande novidade é a associação industrial concluída com a gigante americana Tesla.

A fabricante de automóveis, especializada em veículos elétricos, “terá um papel de assessoria técnica no desenvolvimento e melhora do processo industrial, no âmbito de um acordo de fornecimento a longo prazo para sua cadeia de produção”, anunciaram as autoridades.

Nova Caledônia, arquipélago francês de 270.000 habitantes no Pacífico Sul, colonizado em 1853, é hoje parcialmente autônoma. O território continua sendo estratégico por suas grandes reservas de níquel.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel