Economia

Ações do HSBC registram menor valor em 25 anos após lista chinesa de ‘entidades não confiáveis’

Ações do HSBC registram menor valor em 25 anos após lista chinesa de ‘entidades não confiáveis’

Ações do HSBC registraram forte queda - AFP

As ações do HSBC desabaram nesta segunda-feira ao menor valor em 25 anos pelo temor de que o banco seja incluído na lista chinesa de “entidades não confiáveis”, as empresas consideradas uma ameaça para a segurança nacional, e por acusações de não denunciar supostas atividades fraudulentas.

As ações chegaram a perder mais de 4%, a 29,60 dólares de Hong Kong (3,8 dólares), nível que não era registrado desde meados 1995, pela preocupação dos investidores sobre a capacidade do banco de fazer negócios na China e em Hong Kong

A venda em larga escala aconteceu depois que o jornal estatal chinês em língua inglesa Global Times informou que o banco poderia ser uma das primeiras empresas incluídas na “lista de entidades não confiáveis” de Pequim, uma medida retaliatória da China contra as sanções ocidentais.

“Se a empresa figurar na lista da China como uma empresa pouco confiável, o que parece seguro, já que é um artigo do Global Times, o banco enfrentará muitas dificuldades para fazer negócios na China”, disse Banny Lam, do CEB International Investment Corp., a Bloomberg News.

Ao mesmo tempo, o HSBC foi citado no domingo em uma investigação jornalística que afirma que vários bancos permitiram a transferência de dinheiro de fraudadores ao redor do mundo.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?