Dinheiro em Ação

Ação da Weg dispara 4,45%

Após balanço do terceiro trimestre divulgado pela Weg, o papel da companhia figurou como a maior alta do Ibovespa na última quarta-feira 23, e fechou com valorização de 4,45%, a R$ 25,84. A empresa reportou líquido de R$ 418 milhões no período, acima das expectativas do mercado. A receita líquida consolidada alcançou R$ 3,35 bilhões, alta de 3% em comparação com igual período do ano passado. Em relatório, a XP Investimentos observou que a WEG também anunciou um projeto de instalação de nova fábrica de motores elétricos de baixa tensão, em Hosur, na Índia. O investimento é de cerca de US$ 20 milhões, ou 0,2% do valor de mercado da empresa, com capacidade de produção de 250 mil motores ao ano. Essa unidade entrará em operação em 2021 e será instalada no mesmo parque onde a empresa já possui uma fábrica. “A WEG reforça as expectativas para projetos de geração solar no Brasil nos próximos trimestres e o desempenho nas operações de geradores elétricos nos EUA e na Índia”, diz a XP.

 

Petroquímica

Lucro da Braskem cai 85%

A Braskem reapresentou ao mercado seu resultado referente ao segundo trimestre de 2019. Pelos ajustes, o lucro líquido caiu 85% para R$ 84 milhões, em relação a idêntico período de 2018. A Guide Investimentos lembrou em relatório que os valores reapresentados consideram o acordo de leniência da companhia. A receita líquida consolidada atingiu R$ 13,337 bilhões, uma queda de 3% na comparação entre trimestres iguais, impactada pela performance mais enfraquecida no Brasil e México, sendo compensado parcialmente com as operações dos EUA. “Além disso, o efeito do acidente de Alagoas permanece no centro das atenções, diante da possibilidade de novas indenizações”, diz a Guide, em relatório.

 



Bolsa de Valores

BS2 lança home broker

Miguel Schincariol / AFP

Na última quarta-feira 23, a BS2 Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários (BS2 DTVM) lançou seu home broker na sede da Bolsa de Valores (B3), em São Paulo. A distribuidora, que já oferecia a seus clientes a possibilidade de aplicarem em produtos de renda fixa e fundos de investimento, agora passa a ofertar produtos negociados em ambiente de bolsa, como ações e fundos imobiliários. “A BS2 vai contribuir para expandirmos ainda mais o alcance de nossos produtos, deixando a vida dos usuários mais descomplicada e com informações de qualidade”, disse o presidente da B3, Gilson Finkelsztain.

 

Logística

Log capta R$ 637 milhões

A Log Commercial Properties captou R$ 637 milhões em sua oferta de aumento de capital (follow-on), ao preço de R$ 22,50 por ação. Para Felipe Bevilacqua e Eduardo Guimarães, da Levante Ideias de Investimentos, a oferta foi ancorada por investidores locais que compraram 75% dos papéis, com o restante para estrangeiros. “A injeção de capital veio em boa hora, devido ao alto endividamento líquido de R$ 783 milhões em junho. O aporte vai auxiliar no plano de expansão de galpões logísticos em um momento que a demanda não para de aumentar”, disseram.

 

Touro x Urso

Na Europa, o pedido do primeiro-ministro do Reino Unido por um novo adiamento do Brexit para 31 de janeiro de 2020, a ser ou não aceito pela União Europeia, foi recebido com otimismo pelos investidores do Velho Continente, que temiam um divórcio mais desordenado, mas as incertezas sobre o assunto continuam. Já nos Estados Unidos, o Departamento de Comércio sinalizou à Europa a disposição de negociar um recuo nas tarifas da Organização Mundial do Comércio (OMC), sinal positivo aos mercados.

 

Destaque no pregão

Aliansce Sonae vende shoppings

Divulgação

A Aliansce Sonae vendeu a totalidade das participações nos shoppings West Plaza, em São Paulo (foto), Boulevard Shopping, em Brasília, e Shopping Santa Úrsula, em Ribeirão Preto (SP) e reduziu a fatia no Boulevard Shopping Campos, em Campos Goytacazes (RJ) e no Parque Shopping Belém. O montante total dos desinvestimentos é de R$ 298,1 milhões. Com a alienação dos ativos, a empresa convocou uma assembleia para ratificar a alteração da denominação da companhia para Aliansce Sonae Shopping Centers, transferência da sede para o Rio de Janeiro, consolidar o estatuto social e eleger novo membro para conselho de administração. Em relatório, a equipe chefiada por Luis Gustavo Pereira, da Guide Investimentos, considerou que o impacto é positivo para os papéis. Após a realização das transações, a Aliansce Sonae deterá participações remanescentes de 75,0% e 51,0% nos shoppings Campos e Parque Belém.

Palavra do analista:
“Seguimos otimistas com o case, e vemos valor a ser destravados diante das sinergias envolvidas entre a fusão de Aliansce e Sonae Sierra Brasil, que se tornou a maior operadora de shoppings centers no Brasil, e algo que deve aumentar poder de negociação com inquilinos”, afirmaram os analistas da Guide Investimentos, em relatório.

 

 

Mercado em números

PAKETÁ CRÉDITO
R$ 232 milhões – É o volume de crédito pré-aprovado pela fintech Paketá Crédito, especializada em empréstimos consignados, para funcionários CLT de empresas privadas. A meta é ter R$ 1 bilhão de crédito em até cinco anos.

SALÁRIOS
88% – É o percentual de empresas que pretende reajustar o salário de seus executivos em 2020, segundo pesquisa da consultoria Korn Ferry com 422 companhias. No último ciclo anual, o crescimento da massa salarial foi de 4,2% para CEOs e presidentes e de 3,3% para os demais executivos.

CRIPTOATIVOS
250 mil – É o número de clientes cadastrados pela corretora de criptomoedas BitcoinTrade nos últimos dois anos. Com essa base, a startup alcançou 50 mil downloads em sua plataforma que negocia as criptomoedas Bitcoin, Litecoin, Ethereum, Bitcoin Cash e Ripple.

 

Número da semana

107.543

Foi o novo recorde do Ibovespa em pontos na última quarta-feira 23. A aprovação da Reforma da Previdência Social pelo Senado Federal, por 60 votos a 19, foi o fato determinante para o índice atingir a marca histórica. Segundo relatório dos analistas da Rico Investimentos Matheus Soares e Thiago Salomão, o texto preservou a economia próxima de R$ 800 bilhões em 10 anos. “Com Ibovespa subindo e dólar caindo há uma sinalização clara de entrada de investidores estrangeiros. Isso é importante porque até agora os gringos ainda não haviam se animado com o Brasil e como eles representam mais da metade do volume negociado na bolsa, é importante que eles estejam comprando Brasil para que o rally continue, já que os locais já estão bem comprados e são os gringos que estão de fora”, disseram. Os analistas também relataram que estão otimistas . “Com a aprovação da reforma, o Brasil não só deve atrair novos investimentos, que consequentemente gera novos empregos e cria renda, como também o juro deve recuar mais . E não só isso, o País conseguirá olhar para outras reformas necessárias: administrativa, tributária, pacto federativo, dentre toda uma agenda liberal de privatizações e concessões”, afirmaram.

 

 

Entenda o risco

Fundo imobiliário rende mais que aluguel?

Ganho líquido oscila de 6,5% a 7,5% ao ano

Projeto comum de qualquer brasileiro é adquirir um imóvel para locação, mesmo com toda a preocupação com o pagamento de inquilinos, condomínios, taxas e impostos. Mas na visão do fundador da Academia do Dinheiro, Mauro Calil, o aporte em fundos de investimento imobiliário (FIIs) de renda de aluguéis é mais vantajoso do que simplesmente comprar uma casa, apartamento ou sala comercial para obter renda. “Mesmo com o risco de vacância, o FII tem grande vantagem em relação aos imóveis, principalmente pela liquidez. É mais fácil se desfazer das cotas na bolsa (B3), do que uma propriedade. É possível diversificar, vender e comprar (as cotas) aos poucos”, diz. Calil alerta que embora o retorno com aluguéis seja parecido com renda fixa, FII é considerado renda variável. “O valor da cota sobe e desce”, afirma.

O diretor da Ourinvest Real Estate, Rossano Nonino, lembra que durante a crise (2015-2018), lajes corporativas e FIIs perderam inquilinos. “O valor do aluguel caiu pela metade. Agora, a vacância diminuiu de 25% para 18%, mas o cenário é positivo”, diz. Nonino ressalta que a liquidez está em curva ascendente. Em 2018, eram 250 mil cotistas, número que saltou para 431 mil investidores em agosto de 2019.

Para os iniciantes, o estrategista da plataforma RB Investimentos, Daniel Linger, sugere a pulverização em diversos ativos e modalidades, começar com valores pequenos e depois, com conhecimento, montar uma carteira própria.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel