Agronegócio

ABPA lamenta declaração de ministro francês sobre carne de frango brasileira

Crédito: ANPr/ SINDIAVIPAR

Ministro francês disse que o frango brasileiro é mais prejudicial à saúde (Crédito: ANPr/ SINDIAVIPAR)

São Paulo, 13 – A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) lamentou em nota publicada no sábado, 11, a afirmação do ministro da agricultura francês, Julian Denormandie, de que a carne de frango produzida no Brasil “não tem o mesmo impacto sobre a saúde das crianças que um peito de frango francês”. O comentário foi feito em uma feira agrícola na França.

A entidade classificou o comentário como protecionista, dadas as negociações para o acordo entre Mercosul e União Europeia.

+ Petrobras e Gerdau assinam contrato para fornecimento de gás no mercado livre
+ Setores de energia e financeiro ajudam Wall St a subir

E disse que isso “desrespeita o trabalho de excelência em qualidade, sustentabilidade e defesa sanitária desempenhado pela avicultura brasileira que é, por exemplo, livre de Influenza Aviária”.



O Brasil é o maior exportador mundial de carne de frango e atende a critérios internacionais sanitários exigentes, lembra a ABPA, que finalizou a nota pedindo mais respeito e seriedade do ministro francês.

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km