Agronegócio

Abate de suínos sobe 5,9% no 2º trimestre ante 2º tri de 2019, diz IBGE

Rio, 13 – Enquanto o abate de bovinos registrou queda no segundo trimestre, o abate de suínos avançou, segundo os resultados preliminares das Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais, do Leite, do Couro e da Produção de Ovos de Galinha, divulgados nesta quinta-feira, 13, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O abate de suínos somou 12,07 milhões de cabeças no segundo trimestre de 2020, um aumento de 5,9% em relação a igual trimestre de 2019 e de 1,6% frente ao primeiro trimestre de 2020.

Segundo o IBGE, o peso acumulado das carcaças registrou 1,10 milhão de toneladas, alta de 8,2% em relação ao segundo trimestre de 2019 e de 3,2% em comparação com o trimestre imediatamente anterior.

Já o abate de frangos recuou. No segundo semestre de 2020, foram abatidas 1,40 bilhão de cabeças de frango, redução de 1,6% em relação a igual trimestre de 2019 e queda de 7,2% frente ao primeiro trimestre de 2020.

Conforme o IBGE, o peso acumulado das carcaças foi de 3,21 milhões de toneladas, queda de 4,0% em relação ao segundo trimestre de 2019 e redução de 7,7% frente ao primeiro trimestre deste ano.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?