Edição nº 1129 12.07 Ver ediçõs anteriores

A viagem da Livelo

A viagem da Livelo

A Livelo, empresa de Bradesco e Banco do Brasil, que atua no segmento de programas de coalizão, vai dar um importante passo para manter os pontos acumulados pelos clientes dos bancos dentro de sua plataforma. Na segunda semana de setembro, a companhia lançará uma agência de viagens própria, que será operada em parceria com a operadora CVC. “Quem comprar na nossa agência vai ganhar, além dos pontos do cartão, de dois a cinco pontos a mais”, diz Alexandre Rappaport, CEO da Livelo, com exclusividade à coluna. A tacada da companhia acontece, sobretudo, pelo alto índice de conversão de pontos em viagens – o que, na maioria das vezes, faz o cliente Livelo transferir seus pontos para concorrentes como Smiles e Multiplus.

 

A meta é dobrar de tamanho

Com 18 milhões de clientes cadastrados e um faturamento de mais de R$ 970 milhões no ano passado, a Livelo prevê dobrar as receitas até o fim de 2018. E vai também aumentar a sua capilaridade a partir do ano que vem. A companhia vai usar toda a estrutura das áreas corporativas das milhares de agências do Bradesco e do Banco do Brasil espalhadas pelo País para vender pontos para empresas. A ideia é mostrar aos clientes que os pontos podem ser vistos como ferramentas de benefícios para as empresas incentivarem e premiarem seus funcionários. Indagado sobre uma abertura de capital da companhia, a exemplo de suas concorrentes, Rappaport deixa o assunto no ar. “A empresa está pronta. Mas isso vai depender dos acionistas.”

(Nota publicada na Edição 1084 da Revista Dinheiro, com colaboração de: Hugo Cilo)


Mais posts

“A reforma tributária vai aumentar a arrecadação”

Serafim de Abreu Júnior, vice-presidente da IBM América Latina

O campo digital da Bayer

Após lançar o maior programa de fidelidade do agronegócio no mundo para a Bayer, a brasileira Bravium, criada em 2013, acaba de [...]

O negócio seguro do BB

O Banco do Brasil não pode reclamar do seu desempenho no mercado de seguros. No primeiro semestre, a Brasilseg, nova seguradora da BB Seguros, atingiu R$ 1,8 bilhão em prêmios e se consolidou na liderança nos ramos em que atua, com 13,72% de fatia de mercado. De acordo com Fernando Barbosa, CEO da companhia, contribuiu […]

Sorria para o robô

Que os chefes estão sempre de olho na equipe, não é novidade. Mas agora as empresas poderão ter robôs para ajudar a aumentar a [...]

Futebol X Soccer

A Next Academy, rede de franquias de academias com foco em bolsas de estudos nos Estados Unidos a partir da prática do futebol, definiu [...]
Ver mais