Edição nº 1143 21.10 Ver ediçõs anteriores

A tecnologia pressiona os grandes bancos

Um estudo da Cognizant, uma das maiores empresas do setor de tecnologia bancária, constatou que os bancos tradicionais têm como preocupação número 1 a entrada de novos players no mercado financeiro. A ameaça se deve ao surgimento de novas tecnologias, como o blockchain. que podem comprometer parte do faturamento das grandes instituições com taxas de empréstimos, de câmbio e de transferências. ”Com novas leis que equilibrem o mercado e inovações tecnológicas que diminuem as barreiras e mudem a dinâmica da indústria financeira, os bancos precisarão se tornar cada vez mais resilientes e redefinir seus modelos de negócios”, afirma Alexis Machado, diretor da indústria de Bancos e Seguradoras da Cognizant.

(Nota publicada na Edição 1135 da Revista Dinheiro)


Mais posts

A fábrica de inovação da Visa

As peças de Lego espalhadas sobre a mesa de reunião dão a entender que a empresa recebeu a visita dos filhos dos funcionários. Nada [...]

A alegria dos juros baixos

O Banco Inter, do CEO João Vitor Menin, filho caçula de Rubens Menin, da MRV, está sorrindo à toa com a queda dos juros. A avaliação é [...]

O peso da saúde

Não é só no bolso dos trabalhadores que pesa o custo dos convênios médicos. Principal benefício oferecido pelas empresas a seus empregados, o plano de saúde representa 13,1% em média da folha de pagamento da indústria brasileira. Pesquisa inédita do Serviço Social da Indústria (Sesi), realizada pela FSB Pesquisa, para averiguar a realidade e os […]

Novo comando na VLI

Uma das maiores empresas de logística do País, com faturamento R$ 5,5 bilhões no ano passado, terá um novo comandante. A partir do [...]

A aposta segura de Neeleman

O empresário David Neeleman (foto à dir.), fundador da Azul Linhas Aéreas e sócio da portuguesa TAP, segue apostando parte de sua [...]
Ver mais