Estilo

A nova cara de um ícone do Chardonnay brasileiro

Crédito: Divulgação

O nome Leopoldina e a coroa imperial do antigo rótulo não estão mais lá. Agora, o branco que já conquistou medalhas de ouro na França e na Argentina se chama apenas Casa Valduga Gran Chardonnay.

São 22,5 mil garrafas numeradas, produzidas em vinhedos da Denominação de Origem Vale dos Vinhedos, única região vitivinícola do País a conquistar esse selo de qualidade. No nariz, aromas de abacaxi e carambola se somam a notas de chocolate branco e de baunilha trazidas pelo estágio de dez meses em barricas de carvalho francês e romeno. Por R$ 160 no e-commerce da vinícola.

(Nota publicada na edição 1277 da Revista Dinheiro)