Edição nº 1121 17.05 Ver ediçõs anteriores

A independência de Filipa Pato

A independência de Filipa Pato

A portuguesa Filipa Pato poderia ser “apenas” a filha de Luis Pato, o competente e simpático enólogo que soube “domar” a rústica baga. Mas Filipa queria mais do que se formar em enologia e um dia assumir os vinhedos da família, na Bairrada. Independente, ela foi estudar no exterior, fez estágios em vinícolas na Argentina, Austrália e Bordeaux. Enfim, correu o mundo conhecendo vinhos e a maneira de cada enólogo vinificar. Casou com um sommelier belga, o também simpático William Wounters e, juntos, o casal criou sua própria vinícola, que leva o nome dos dois.

A proposta é elaborar vinhos autênticos, sem maquiagem, como a enóloga gosta de chamar. Isso pode ser traduzido como brancos e tintos que respeitam e expressam o lugar onde são plantados São cultivados de acordo com a filosofia biodinâmica desde 2014. Nos vinhedos, o foco são nas variedades autóctones, como a tinta baga e as brancas bical, arinto, cercial e maria gomes.

Filipa começou a ser conhecida pelo seu espumante, batizado de 3B. O nome foi escolhido por ser um vinho da Bairrada, elaborado com a variedade baga e bical, daí os três “b”. Mas os vinhos de Filipa não se resumem às borbulhas. Ela tem um branco de muita personalidade, o Nossa Calcário, e um tinto ousado, com a baga vinificada em ânforas, o Quercus, entre outros rótulos. No Brasil, os vinhos da Filipa são importados pela Porto a Porto e pela Casa Flora.

Tópicos

Vinho

Mais posts

A importância crescente do enoturismo

A francesa Alice Tourbier, do Les Sources de Caudalie, é o principal destaque do Invino Wine Travel Summit, que acontece nesta [...]

Brasil e Chile fazem acordo de equivalência para produtos orgânicos

Os dois países vão reconhecer a certificação válida no país de origem

Por que a Salton é a marca número 1 de vinho do Brasil?

Pesquisa da inglesa Wine Intelligence aponta que a vinícola é a marca de vinhos mais forte no País

Mulheres e vinho: a presença crescente das sommelières no Brasil

Annas, Gabrielas, Jô, Marias, Julianas são exemplos de mulheres que estão escrevendo a história do serviço do vinho em nosso país

Viviana Navarrete e os desafios das mulheres nas vinícolas chilenas

Principal enóloga da Viña Leyda, ela conta como venceu os desafios para chegar à liderança após muito trabalho, dedicação e perseverança,
Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.