Negócios

A filosofia “mente sã, corpo são” da Oracle

Crédito: Divulgação

Não estranhe se você vir um jovem nerd praticando exercícios ou alongamentos em frente ao computador em algum café ou restaurante por aí. Ele pode ser um funcionário da Oracle, em pleno expediente.

A divisão brasileira da gigante fundada por Larry Ellison criou o programa Oracle Move e transformou em prioridade cuidar da saúde mental dos funcionários trancafiados em casa desde o ano passado – quando a pandemia extinguiu as aglomerações em escritórios e locais fechados.

A companhia, antes mais conhecida por suas políticas de inclusão e diversidade, percebeu que o aumento em cerca de 30% das ocorrências de problemas psicológicos causadas pelo isolamento – índice semelhante ao aumento geral no País – exigia a intervenção da companhia. “Intensificamos nossas iniciativas de bem-estar para os funcionários, ajudando a ressignificar o isolamento social”, afirmou Carolina Junqueira, executiva que comanda essa área da empresa no Brasil.

Nos últimos dois meses, o Oracle Move teve a adesão voluntária de mais de 300 colaboradores. Além de incentivar a atividade física, a companhia lançou desde o ano passado 50 ações, entre palestras, bate-papos, dicas de saúde, telemedicina, vídeos de apoio e questionários de avaliação individual para identificar e tratar aqueles que apresentam sinais de depressão ou esgotamento. “O resultado da iniciativa tem sido tão positivo que implementamos o programa em outras operações da Oracle na América Latina”, disse Carolina. Pelo menos nesse quesito o Brasil tem algo a ensinar ao mundo durante a pandemia.

(Nota publicada na edição 1221 da Revista Dinheiro)