A era da resiliência

Estudo da Fundação Dom Cabral e WayCarbon, especializada em projetos de baixo carbono, avalia impacto da pandemia nos negócios.

Quem participou?
AES Tietê , Ambev, Ecorodovias, EDP, Itaú, Microsoft, MRV, Natura, Telefônica e Tigre.



Objetivo
Mensurar as transformações causadas pela pandemia no meio corporativo.

Principais constatações
1. Liquefação das fronteiras
As empresas estão substituindo uma visão cartesiana dos limites físicos
2. Ampliação dos critérios de sucesso
A incorporação de aspectos não financeiros aos critérios de resultado
3. Dominância da verdade
Para que as empresas consigam navegar pelas incertezas, internalizam o propósito e a cultura organizacional
4. Mais comunicação
Agilidade e qualidade da comunicação interna melhoraram 50% durante a crise
5. Digitalização
A cultura digital das empresas foi eleita como um dos principais diferenciais competitivos na crise

(Nota publicada na edição 1209 da Revista Dinheiro)

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia





Sobre o autor

Hugo Cilo é editor de negócios da Revista DINHEIRO


Mais colunas e blogs


Mais posts

Ver mais

Copyright ©2022 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.