Negócios

A copa da economia

Conheça as previsões para o PIB dos 32 países que disputarão o torneio da Fifa. Quem seria o campeão?

O crescimento econômico das nações é um dos indicadores mais valorizados no mundo, por analistas e governantes. Quem cresce, comemora. Quem encolhe, lamenta. O ritmo do Produto Interno Bruto (PIB), no entanto, não ajuda a explicar desigualdade social, desenvolvimento humano nem prosperidade. É apenas um termômetro genérico de cada país.

O infográfico abaixo simula, a partir da tabela oficial da Fifa, quem venceria a Copa do Mundo da economia, a partir das previsões do Fundo Monetário Internacional (FMI) para 2018. O resultado poderia parecer surpreendente, pois o campeão seria um país africano, que tem o menor PIB dentre os participantes. Do ponto de vista estatístico, tem lógica. É muito mais fácil crescer 7% sobre um PIB de US$ 15 bilhões (Senegal) do que avançar 2,5% sobre um PIB de US$ 3,47 trilhões (Alemanha).

Do ponto de vista esportivo, uma curiosidade. As seleções que têm os dois melhores jogadores do mundo – Portugal (Cristiano Ronaldo) e Argentina (Lionel Messi) – não passariam da primeira fase. Nem o Brasil, de Tite e Neymar Jr.. Diante dos últimos acontecimentos, muitos analistas avaliam que a estimativa de alta de 2,3% para o PIB brasileiro já pode ser considerada otimista…