Economia

70 ativos foram transferidos para iniciativa privada desde início do governo

Desde o início do governo Bolsonaro, 70 ativos foram transferidos para a iniciativa privada, somando R$ 84 bilhões. A expectativa é de que o montante chegue a R$ 270 bilhões até o final de 2021.

As informações foram fornecidas pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, durante sua participação no leilão para a concessão da rodovia BR-153/414/080/TO/GO promovida nesta quinta-feira.

Na avaliação do ministro, o atual governo tem oferecido a “maior carteira de projetos” da história brasileira. “A Infra Week tá virando Infra Month”, comentou o chefe da pasta de Infraestrutura, ao fazer referência à sequência de leilões promovidos pelo governo federal nas últimas semanas.

Dentre as transferências de ativos na agenda do Ministério da Infraestrutura, o ministro destacou a disputa pela Cedae, do Rio de Janeiro, que será promovido na sexta-feira. Segundo o ministro, esse será o maior leilão de saneamento já feito no País.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago