Giro

7 hábitos que são inimigos da sua carteira

Crédito: Reprodução/Pexel

O primeiro passo para começar uma poupança é analisar para onde está indo seu dinheiro, para isso é preciso registar todas as suas despesas. (Crédito: Reprodução/Pexel)

Para a maioria de nós parece impossível poupar. Isto porque a renda parece pequena para todas as prestações e contas relacionadas com a casa, alimentação, roupa, escola, filhos e muitas outras despesas consideradas fixas. Ainda assim, salvo situações de extrema dificuldade financeira, a maioria das pessoas deixa passar oportunidades de poupança, nas chamadas pequenas despesas.

O primeiro passo para começar uma poupança é analisar para onde está indo seu dinheiro, para isso é preciso registar todas as suas despesas. Refeições fora, cafés ou revistas semanais são alguns dos exemplos de pequenos gastos que parecem inocentes, mas que se os somar para perceber quanto representam ao final de um ano, terá uma surpresa nada agradável.

+ Captação da poupança cai pela primeira vez desde janeiro
+ Startup de educação levantaram US$ 175 milhões em investimento

Além disso, existem vários hábitos que deve ter atenção para conseguir reequilibrar o seu orçamento familiar. E são eles:

  1. Comer fora com muita frequência

Embora seja uma dica óbvia, este continua sendo um dos principais inimigos da carteira. Aqui inclui não só as refeições principais, como almoço e jantar, mas também lanches e cafés da manhã. Experimente, durante um mês, anotar sempre que fez algo do género e some quanto gastou no total. Verá que se reduzir a frequência com que come fora e se preparar com antecedência as suas refeições, chegará ao final do mês com mais algum extra.

  1. Não procurar descontos e produtos mais económicos

Mesmo que não tenha tempo, ou paciência, para consultar os folhetos com antecedência e programar as suas compras, quando vai à loja, veja se não existe uma opção mais em conta. Seja um produto em promoção, seja uma marca mais barata, há muitos artigos que têm a mesma função. Faça essa experiência e perceba quanto poupou.

  1. Apostar de forma regular em jogos de sorte

Aqui inclui as raspadinhas, as loterias, etc. O investimento parece baixo, no entanto, se for recorrente, é provável que esteja simplesmente jogando dinheiro fora. Se realmente precisa poupar, talvez seja melhor evitar este tipo de jogos.

  1. Utilizar aplicações pagas

Vivemos na era do celular, temos o mundo nas nossas mãos e adoramos ter um aplicativo para tudo. Excetuando situações profissionais em que realmente necessita de determinados apps, adquirir constantemente aplicativos novos poderá ter um peso significativo no final do mês.

  1. Ter muitos serviços de assinatura

Estão cada vez mais na moda plataformas de streaming, quer de filmes e séries, como também de música. É verdade que estes serviços acabam por ser mais económicos do que idas semanais ao cinema. Porém, com a oferta crescendo, a tendência de muitas pessoas é assinar cada vez mais serviços. Se realmente pretende ter um serviço deste gênero procure dividir a fatura com amigos ou familiares.

  1. Viajar em transportes privados

Seja táxis ou aplicativos de caronas, fazer viagens diárias neste tipo de transportes é bastante dispendioso mesmo com promoções esporádicas a que possa ter acesso.

Avalie as deslocações que precisa fazer e perceba se não existe uma opção mais em conta nos serviços de transporte público ou, então, se pode fazer esse trajeto a pé. Uma caminhada pode ajudar a poupar dinheiro, é bom para o ambiente e ainda trará muitos benefícios para a sua saúde.

  1. Ter vários cartões de crédito

Não há mal nenhum em ter cartões de crédito. Aliás, há determinadas alturas em que estes são mesmo necessários, como é o caso para alugar carro, por exemplo. Porém, ter vários cartões de crédito é meio caminho andado para ter dificuldades em regularizar as suas dívidas e manter organizado o seu orçamento familiar.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel