62%

É o número de empresas brasileiras que querem aumentar investimentos e gestão de fraude, revela a mais recente Pesquisa Global de Fraude e Identidade da Experian.

O estudo anterior, de janeiro, apontava 51%.

(Nota publicada na edição 1226 da Revista Dinheiro)