Tecnologia

5G: O que muda com a chegada da tecnologia no Brasil

Crédito: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Todas as capitais do Brasil terão cobertura 5G até o dia 29 de setembro (Crédito: Marcelo Camargo/ Agência Brasil)



O sinal de internet 5G será finalmente lançado em Brasília na quarta-feira (6) marcando um novo momento da internet móvel no país. 

Depois da capital federal, as cidades de Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB), Porto Alegre (RS) e São Paulo (SP) serão as próximas a receberem a novidade. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as datas ainda não foram confirmadas. Todas as capitais do país terão que ter acesso à tecnologia até o dia 29 de setembro.  

+Jeep confirma data de chegada da picape Gladiator ao Brasil; confira

Quem terá acesso ao sinal

Apesar das cidades receberem a tecnologia em breve, somente os aparelhos que estão prontos para o 5G poderão usufruir da nova banda de velocidade. Além disso, será preciso entrar em contato com a sua operadora para ter um plano de dados compatível. 




Atualmente, Claro, Vivo e Tim possuem planos de dados prontos para o 5G. 

O que vai mudar

A velocidade da nova tecnologia de conexão poderá ser até 10 vezes mais rápida que o 4G, disponível hoje. Isso vai fazer com que o usuário possa baixar arquivos com mais rapidez e melhorar a qualidade das chamadas de vídeo e mais estabilidade na internet do seu celular. 

A explicação técnica é que as ondas do 5G são mais curtas e rápidas do que as do 4G, podendo levar mais informação em menos tempo. 


Outra possibilidade será que o usuário poderá conectar o 5G em aparelhos e acessórios diversos e aumentar a possibilidade da chamada “internet das coisas”. Será possível conectar um chip em um tênis, por exemplo, para monitorar o seu exercício físico com mais agilidade.