Estilo DINHEIRO

51 planos de saúde são suspensos por reclamações

Crédito: Reprodução/Divulgação

A medida determina a inclusão do exame para a detecção do coronavírus dentro do rol de procedimentos obrigatórios para os beneficiários de planos de saúde (Crédito: Reprodução/Divulgação)

Que a qualidade do serviço prestado pela maioria dos planos de saúde brasileiros é péssima, todos sabem. Mas a situação é mais grave do que se imaginava. Tanto que a Agência Nacional de Saúde (ANS) anunciou, nesta sexta-feira (30), a suspensão de 51 planos de saúde de todo o País. A decisão foi motivada pelo enorme número de reclamações feitas pelos consumidores no segundo trimestre deste ano. Resultado do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, que atua para proteger os usuários do setor, a medida passa a vigorar a partir da próxima sexta-feira, dia 6 de setembro. Entre as reclamações mais comuns feitas pelos beneficiários dos planos, estavam a demora no atendimento e o não atendimento dentro dos prazos estabelecidos pela ANS. Os planos de saúde, quem diria, entraram de vez na UTI. E vai ser complicado sair de lá.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago