Estilo DINHEIRO

51 planos de saúde são suspensos por reclamações

Crédito: Reprodução/Divulgação

A medida determina a inclusão do exame para a detecção do coronavírus dentro do rol de procedimentos obrigatórios para os beneficiários de planos de saúde (Crédito: Reprodução/Divulgação)

Que a qualidade do serviço prestado pela maioria dos planos de saúde brasileiros é péssima, todos sabem. Mas a situação é mais grave do que se imaginava. Tanto que a Agência Nacional de Saúde (ANS) anunciou, nesta sexta-feira (30), a suspensão de 51 planos de saúde de todo o País. A decisão foi motivada pelo enorme número de reclamações feitas pelos consumidores no segundo trimestre deste ano. Resultado do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, que atua para proteger os usuários do setor, a medida passa a vigorar a partir da próxima sexta-feira, dia 6 de setembro. Entre as reclamações mais comuns feitas pelos beneficiários dos planos, estavam a demora no atendimento e o não atendimento dentro dos prazos estabelecidos pela ANS. Os planos de saúde, quem diria, entraram de vez na UTI. E vai ser complicado sair de lá.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança