500 anos em apenas 5

Crédito: Divulgação


A educação foi um das atividades mais prejudicadas pela Covid-19 em todo o mundo, mas há perspectivas muito positivas para o setor. Na avaliação de Alexandre Velilla Garcia, CEO da rede de escolas de idiomas Cel.Lep, o distanciamento social provocou inúmeros desafios de infraestrutura tecnológica, como acesso ao wi-fi e equipamentos, mas o mercado passará nos próximos cinco anos uma evolução equivalente aos últimos cinco séculos. “Esses 500 anos em cinco acontecerão na incorporação de tecnologia nas metodologias pedagógicas, no acesso aos equipamentos e na infraestrutura”, afirmou Garcia. No ano passado, a rede faturou R$ 80 milhões. Para os próximos três anos, serão investidos R$ 20 milhões em novas ferramentas. “Estamos caminhando rapidamente para uma educação vinculada à tecnologia.”

(Nota publicada na edição 1191 da Revista Dinheiro)








Sobre o autor

Hugo Cilo é editor de negócios da Revista DINHEIRO


Mais colunas e blogs


Mais posts

Ver mais

Copyright ©2022 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.