Finanças

50% dos brasileiros querem guardar dinheiro em 2022; veja dicas para poupar

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Especialistas dão dicas para guardar dinheiro (Crédito: Arquivo/Agência Brasil )

O fim de ano está chegando e junto vem a hora de fazer um balanço dos últimos 12 meses e traçar a meta para os próximos 365 dias Estudo realizado pela 7waves, startup que oferece um aplicativo gratuito desenvolvido para o apoio ao planejamento e conquista de metas, listou os objetivos mais desejados pelos brasileiros para 2022.

+ Mesmo com alta da Selic, poupança ainda é opção pouco vantajosa



Guardar dinheiro é o principal objetivo dos entrevistados para o próximo ano. “Com a recessão da economia, aumento do desemprego e a insegurança devido à pandemia de Covid-19, as pessoas estão muito mais preocupadas em economizar dinheiro para que consigam ter um planejamento financeiro mais flexível em 2022”, explica Rodolfo Ribeiro, CEO da 7waves.

7 objetivos dos brasileiros para 2022

1 – Guardar dinheiro (50,75%)

2 – Buscar novos conhecimentos (35,85%)

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!


3 – Cuidar da saúde (30,90%)

4 – Evoluir na carreira (26,70%)


5 – Adquirir bens (20,80%)

6 – Viajar (6,99%)

7 – Abrir o próprio negócio (5,81%)

Se uma das suas metas para o próximo ano é poupar dinheiro, especialistas ensinam algumas maneiras para alcançar o seu objetivo.

“A primeira dica é que a pessoa se organize. Saiba quanto vai gastar e receber quanto vai receber no período. Dessa forma, consegue enxergar quanto tem de espaço no orçamento e assim conseguir saber quanto ela pode guardar de dinheiro”, diz Ricardo Hiraki, consultor financeiro e CEO da Plano Fintech de Educação Financeira. Registrar todos os gastos e recebimentos é uma maneira de ajudar a ter mais controle financeiro.

Ele destaca que despesas fixas (como TV a cabo, telefonia, tarifa bancária, luz, água, entre outros) e qualquer operação que tenha recorrência mensal pode gerar sobra e espaço no orçamento para cortes.

“Guardar dinheiro pode ser chato, visto que, você posterga um consumo. Você deixa de ter aquele prazer. No entanto, quando os seus investimentos estão em sintonia com seus objetivos de vida ou sonhos como uma viagem, uma reserva de emergência para ter mais tranquilidade, a compra de um imóvel, aposentadoria etc., fica muito mais fácil postergar ou não realizar esse consumo imediato”, comenta Renata Cavalheiro, fundadora da Prosperus – Planejamento Financeiro focado no objetivo do cliente.

“Lição de casa: recupere as últimas 12 faturas do seu cartão de credito (ou pior ainda, dos seus cartões de crédito). Identifique todas as despesas que de cara você já se arrepende de ter feito. Some tudo e veja o quanto você não guardou”, diz Jorge Bizarro, consultor financeiro.

Dicas para guardar dinheiro

1 – Organize e planeje: Conhecer os seus hábitos de consumo e saber como e quanto você gasta com eles é fundamental para construção de um planejamento financeiro saudável;

2 – Repasse as despesas fixas e encerre o que for desnecessário: Detalhe as suas receitas e despesas e reflita sobre elas. Este exercício irá ajudá-lo a conhecer melhor sua rotina financeira;

3 – Reduza as dívidas: Com a alta dos preços é fundamental fazermos lista de compras e pensarmos em possíveis substituições. Pesquise antes de comprar;

4 – Controle com muita atenção o consumo variável e tenha meta;

5 – Orçar os gastos para o próximo ano e incluir um valor para investimento. Lembrando que, talvez você necessite fazer algumas restrições em benefício dos seus objetivos.