Giro

3 coisas que você não pode esquecer para ir votar amanhã

Crédito: Wilson Dias/ABR

Este ano o TSE não vai permitir o uso da biometria como forma de identificação dos eleitores. (Crédito: Wilson Dias/ABR)

Se você está desordenado com a bagunça que virou a vida nesta pandemia e se esqueceu de olhar o calendário, é bom ficar de olho: amanhã (14) é dia de votação em todo o País. Pensando em te ajudar a sair de casa menos perdido, reunimos aqui alguns itens que você não pode esquecer de levar para a sua zona de votação.

Essas regras foram definidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e estão baseadas em protocolos de segurança contra a covid-19.

+ Eleições 2020: saiba o que pode e o que não pode no dia da votação
+ Com pandemia, TSE monta estrutura externa para Centro de Divulgação das Eleições
+ Rio tem esquema de segurança reforçado para a eleição

1 – Máscara

O item mais básico de todos é a máscara. Sem ela você sequer conseguirá passar os portões da escola e prosseguir para a sala de votação. Apesar disso, o mesário poderá pedir que você abaixe a máscara por alguns segundos e ajudá-lo com a sua identificação.

2 – Identidade

Neste ano, os eleitores contarão com outras opções de identificação, como o “E-título”, encontrado no aplicativo que leva o mesmo nome. Ainda assim, é preferível levar um documento oficial com foto e evitar possíveis problemas que possam acontecer no momento da identificação com o mesário.

Como a leitura biométrica exige que a pessoa entre em contato com equipamentos compartilhados por outros eleitores, a o TSE desistiu da opção e ela não será adotada.

3 – Cuidados com a higiene

O uso do álcool em gel é opcional e as seções de votação contarão com frascos espalhados para o uso antes e depois do momento da votação. Se você quiser levar o seu próprio frasco, leve.

Além disso, levar a própria caneta esferográfica é outra dica do TSE, assim você evita de usar a mesma caneta que outras pessoas usaram antes de você. Ainda assim, as seções estarão com canetas higienizadas e disponíveis no momento de assinatura do comprovante de comparecimento eleitoral.

Outro ponto indispensável é manter a distância mínima de um metro dos demais eleitores e mesários.

4 – Está com febre? Fique em casa!

Para os eleitores que estiverem com sintomas de covid-19 ou quadro confirmado de infecção pelo coronavírus, a orientação é ficar em casa, principalmente se o seu diagnóstico foi emitido dentro dos 14 dias anteriores à eleição.

A sua ausência pode ser justificada em outro momento. Basta dizer que deixou de votar por questões de saúde.

O TSE também decidiu não adotar a medição de temperatura nos locais de votação evitando, assim, possíveis aglomerações. Além disso, pesou, também, o custo que as maquininhas que medem temperatura gerariam no processo eleitoral.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel