Giro

2ª Guerra Mundial: tomada histórica de Monte Castello completa 75 anos


O dia 21 de fevereiro de 1945 marcou a participação dos militares brasileiros na 2ª Guerra Mundial. A data refere-se à batalha da tomada de Monte Castello – um objetivo estratégico na campanha contra o exército alemão, a fim de garantir a evolução dos Aliados para o Norte da Itália -. Não foi uma tarefa fácil.

Antes, os brasileiros já haviam tentado sem sucesso nos dias 24, 25 e 29 de novembro, e também em 12 de dezembro de 1944. Além da artilharia inimiga do alto da montanha, os brasileiros enfrentaram o inverno rigoroso na Europa.

Setenta e cinco anos após aquele episódio, ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB) lembram em detalhes aqueles momentos.

O então Cabo Vasco Duarte Ferreira tinha apenas 20 anos de idade quando foi para o front de batalha. Ele atuou como radiotelegrafista. “Era uma montanha sobre uma outra montanha. Eu carregava o equipamento que pesava mais de 10 quilos com uma antena de mais de três metros”, diz o pracinha às vésperas de completar 96 anos de idade.

O historiador Elonir José Savian, destaca que a operação fortaleceu a autoestima dos militares brasileiros para continuar na guerra. Ele explica que, em relação às ações, a tomada de Monte Castello possibilitou que as tropas aliadas conseguissem posições fundamentais para a vitória final.   

Leia aqui depoimentos de pracinhas e o contexto do fato histórico na reportagem especial produzida pela equipe da EBC