Geral

Nova tuitada pode custar o emprego de Elon Musk, da Tesla

Nova tuitada pode custar o emprego de Elon Musk, da Tesla

Elon Musk está em apuros por outro tweet – e desta vez, a Securities and Exchange Commission (SEC) quer uma decisão que possa custar ao CEO da Tesla seu emprego. A agência reguladora financeira americana pediu nesta segunda-feira (25) a um juiz federal que encontrasse e notificasse o empresário bilionário por não cumprir um acordo, feito em outubro do ano passado, de não veicular informações da empresa por suas redes sociais. A postagem desta vez foi feita dia 19 de fevereiro para seus quase 25 milhões de seguidores.

Na mensagem, ele diz que a Tesla provavelmente construiria cerca de meio milhão de carros este ano. Quatro horas depois, Musk alterou seu comentário no Twitter para observar que o ritmo de produção alcançaria uma taxa anualizada de 500.000 unidades até o final do ano. Segundo informações da Forbes, o conselheiro geral da Tesla, Dane Butswinkas, a pessoa que provavelmente teria que revisar os tweets de Musk, pediu demissão no dia seguinte. Tanto a Tesla quanto Musk não comentaram até a noite desta segunda-feira (25) sobre a decisão da SEC.