Geral

Valor Econômico: Carlyle fecha compra de 23,3% da rede Madero por R$ 700 milhões

De acordo com o jornal Valor Econômico a gestora americana Carlyle fechou o acordo de compra de 23,3% da rede de restaurantes Madero por R$ 700 milhões. O contrato teria sido assinado na noite de quinta-feira (24). Do valor, R$ 600 milhões serão aplicados na rede e R$ 100 milhões devem ir para os sócios atuais. Ao fim do processo, a empresa foi avaliada em R$ 3 bilhões.

Junior Durski, fundador do Madero

Fundada em 2005 pelo curitibano Junior Durski, de 57 anos, a rede de restaurantes Madero e a Carlyle fecharam o aciordo após o segundo turno das eleições de 2018. Após passar pelo processo de due dilligence (análise financeira) chegou-se aos termos assinados agora. O fundo atual, por sua vez, encantou-se com o bom desempenho da rede, que conta com 130 unidades distribuídas em 16 estados brasileiros e um faturamento de R$ 780 milhões. Mas DINHEIRO apurou que foi o Ebitda de R$ 205 milhões – previsto para o fechamento de 2018 – que cravou a decisão da Carlyle.