Edição nº 1015 20.04 Ver ediçõs anteriores

Sinal verde

Sinal verde

A briga entre a Simba, joint-venture criada pelas emissoras de televisão SBT, Record e RedeTV, e as operadoras de TV paga está próxima do fim. Mas os dois lados sairão arranhados.

Depois que a Simba resolveu bater o pé e cortar os sinais para as operadoras de TV Paga, nos estados de São Paulo e Brasília, porque os canais não eram remunerados a exemplo de Globo e Bandeirantes, a audiência das emissoras despencou cerca de 30%. Resultado: o poder de barganha da empresa, que pedia o pagamento pelo uso de seus canais, caiu ladeira abaixo.

Executivos próximos da negociação dizem que, na próxima semana, um armistício deve ser selado. O valor por assinante, entretanto, está longe – bem longe – dos R$ 15 pleiteados inicialmente.

(Nota publicada na Edição 1015 da revista Dinheiro)

Tópicos

Record RedeTV SBT Simba

Mais posts

O gol de Pato nos Estados Unidos

O atacante Alexandre Pato está jogando na China, mas de olho nos Estados Unidos. Não, ele não recebeu nenhuma proposta para atuar na [...]

“Se a lei de abuso de autoridade estivesse em vigência, teria sido impossível ver o Sérgio Cabral na cadeia”

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) é quase uma voz solitária em meio a um Senado recheado de investigados pela Operação Lava Jato. [...]

Frase da semana: Michel Temer

“Não podemos nos acoelhar, mostrar que estamos em uma posição delicada” Presidente Michel Temer sobre a falta de prestígio da classe [...]

Ele está de saída

Quando chegou ao Brasil, em 2009, a Azimut, uma das cinco maiores gestoras de recursos da Europa, com R$ 140 bilhões em ativos sob sua [...]

A fórmula tropical da NSK

A operação brasileira da fabricante de rolamentos NSK, centenária empresa japonesa com receita global de US$ 9 bilhões no ano passado, [...]
Ver mais

Recomendadas