Edição nº 1016 28.04 Ver ediçõs anteriores

Economia

Diversidade sexual e de gênero faz parte do negócio

Empresas que trabalham com políticas globais para o público LGBT melhoram o engajamento e a produtividade de seus funcionários e ganham mais que as concorrentes. Saiba por que as companhias precisam seguir o exemplo e quebrar esse tabu

O futuro do mundo

Nos próximos 20 anos, o planeta assistirá a um desenvolvimento acelerado de áreas como saúde, energia, mobilidade e manufatura. Tendências como biomedicina, energias renováveis e impressão 3D se tornarão o padrão, provocando revoluções na economia e no modo de vida das pessoas. A perspectiva é de um futuro promissor, mas o caminho até ele será cheio de obstáculos

Os homens da economia

Ao longo de 1.000 edições, a DINHEIRO sempre antecipou e analisou as decisões dos ministros da Fazenda e dos presidentes do Banco Central. Através das páginas da revista, é possível entender a história econômica do Brasil

O Brasil do futuro

As próximas 1.000 edições da DINHEIRO, que contarão as transformações econômicas, políticas e sociais do País, mostrarão também os bastidores da construção do novo Brasil. Prevê-se um crescimento do PIB mais fraco e um agronegócio mais forte. Será?

Um recorde sem glórias

O Brasil pode repetir em 2017 o patamar do superávit recorde da balança comercial atingido em 2016. Uma recuperação econômica argentina pode ajudar

“Altos executivos não acreditam que suas empresas possam ser tendenciosas ou discriminatórias”

Frank Dobbin, professor de sociologia de Harvard e co-coordenador do programa de economia e sociologia do MIT

Faxina fiscal

Prefeitos assumem cidades quebradas e prometem austeridade total nas contas públicas para sair da crise

Negócios

O efeito Trump

Como o presidente eleito dos Estados Unidos tem conseguido constranger mundialmente empresas como Ford, GM e Toyota para tentar cumprir suas promessas de protecionismo e criação de empregos

Os presidentes num País em ebulição

A herança para o Brasil e para a economia de FHC, Lula, Dilma e Temer nas 1.000 edições de DINHEIRO

20 anos de negócios

O Brasil corporativo mudou radicalmente. As empresas de vinte anos atrás eram familiares, fechadas e ligadas umbilicalmente ao Estado. Em vinte anos, a privatização, a abertura da economia ao capital estrangeiro e a maciça vinda da tecnologia tornaram irreconhecível a paisagem anterior. DINHEIRO acompanhou essas mudanças de perto

Mercado Digital

Como o dinheiro mudou de mãos

Empresas digitais ascendem ao topo das mais valiosas do planeta. Mas isso é apenas o começo. Novas tecnologias estão provocando mudanças no comportamento do consumidor e chacoalhando a economia tradicional

Não é ficção científica

Na CES 2017, maior feira de tecnologia do mundo, os robôs se relacionam com os seres humanos

Investidores

Queda dos juros pode afetar a Porto Seguro

Empreste-lhe seu dinheiro. Ele paga bem

Títulos públicos vendidos pelo Tesouro Direto defendem rentabilidade em momento de queda dos juros. E a boa notícia é que está mais fácil investir neles

Dinheiro em AçãoInvestidores

Queda dos juros pode afetar a Porto Seguro

Finanças

A Caixa na fila do ajuste

Banco é lucrativo, mas governo quer reduzir funcionários e fechar agências para economizar até R$ 1,5 bilhão por ano

Artigo

Sucessão de espantos no Amazonas

O banho de sangue em Manaus foi também uma disputa empresarial, com direito a “cela de comando” no presídio