Edição nº 1037 22.09 Ver ediçõs anteriores

Quando o imponderável vira norma

Quando o imponderável vira norma

Nas últimas semanas, o mundo assistiu atônito alguns dos mais poderosos eventos naturais já registrados. Houston, a capital do Texas, nos Estados Unidos, ficou embaixo d’água após a passagem do furacão Harvey. Sessenta pessoas morreram e milhares ficaram desabrigadas. Na Índia, em Bangladesh e no Nepal, as chuvas de monções causaram inundações catastróficas e a morte de mil pessoas e o desalojamento de milhões. No Oceano Atlântico, foi registrado o furacão mais potente de todos os tempos, o Irma. A pergunta que surge é se estamos diante dos efeitos perversos das mudanças climáticas. E a resposta é sim, estamos.

“Mudanças climáticas não causam eventos extremos. Elas os amplificam”, afirmam as cientistas Katharine Mach e Miyuki Hino, pesquisadoras da universidade de Stanford, nos EUA. Em artigo publicado no jornal The New York Times, elas resumem a situação. Uma atmosfera mais quente armazena mais água, aumentando o potencial para tempestades. Essas grandes chuvas acontecem sobre oceanos com níveis mais elevados, gerando maior risco de inundações. Já os furacões são potencializados pela temperatura mais alta das águas dos mares. “Eventos sem precedentes são, cada vez mais, o padrão”, afirmam as cientistas.

(Nota publicada na Edição 1035 da Revista Dinheiro)

Mais posts

Rock’n Rio pela Amazônia

Conhecido como o maior festival de música do planeta, o Rock in Rio deste ano se tornou uma gigantesca vitrine em defesa da Amazônia. [...]

A agonia da Baía de Guanabara

Um dos cartões-postais da Cidade Maravilhosa, a Baía de Guanabara está cada vez mais poluída. Um estudo ainda em elaboração pelo Banco [...]

Trump vai recuar?

Uma boa notícia para o meio ambiente. O secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, afirmou que os Estados Unidos podem [...]

Toda ajuda é bem-vinda

Quando a idade chega, qualquer ajuda faz toda a diferença. É por isso que a Central Nacional Unimed (CNU) está ampliando seus cursos de Cuidadores de Idosos, iniciado em 2014, e que já formou 150 pessoas. “Devido ao sucesso desta capacitação, vamos reformular a metodologia para que tenha abrangência nacional, promovendo a empregabilidade e melhorando […]

O exemplo vem de cima

O famoso telhado verde do Shopping Eldorado, em São Paulo, onde desde 2012 são cultivadas alfaces, manjericões, berinjelas, hortelãs e [...]
Ver mais