Edição nº 1024 23.06 Ver ediçõs anteriores

Por que São Paulo deixou o ranking das melhores cidades para criar uma startup

Por que São Paulo deixou o ranking das melhores cidades para criar uma startup

O Museu de Arte de São Paulo (Masp). um dos cartões postais da cidade que já foi uma das melhores para fundar uma startup

A crise econômica e política, que se desenrola desde o fim 2014, fez mais uma vítima. São Paulo, que já foi uma das 20 melhores cidades do mundo para fundar um startup, deixou o ranking deste ano.

Esse é um dos dados do estudo “Global Startup Ecosystem Report 2017”, realizado pela Startup Genome, em parceria com GEN, Crunchbase e Orb Intelligence.

“Os desafios econômicos e políticos enfraqueceram o ecossistema”, diz um trecho do relatório sobre a cidade de São Paulo. “Mas novos entrantes da China e da Suécia tornaram impossível não perder terreno na comparação global.”

Sem surpresas, o Vale do Silício, Califórnia, manteve a primeira posição. O ranking conta ainda com Nova York, Londres, Pequim e Boston, nesta ordem, como as cinco melhores cidades para se criar uma startup.

O estudo aponta que, apesar da queda, uma série de iniciativas tem fortalecido o ambiente de startups na cidade de São Paulo. “Grandes companhias de tecnologia estão compromissadas a fazer de São Paulo seu quartel-general”, segundo o estudo.

O relatório da Genome Startup diz que a cidade de São Paulo continua a produzir startups de sucesso e cita a VivaReal, site de vendas de imóveis fundado pelo  americano Brian Requarth, que captou aproximadamente US$ 75 milhões.

Estrearam no ranking deste ano Pequim, Xangai e Estocolmo. Foram pesquisadas 55 cidades de 28 países.

Confira as 20 melhores cidades do mundo para fundar uma startup:

1 – Vale do Silício

2 – Nova York

3 – Londres

4 – Pequim

5 – Boston

6 – Tel Aviv

7 – Berlim

8 – Xangai

9 – Los Angeles

10 – Seattle

11 – Paris

12 – Cingapura

13 – Austin

14 – Estocolmo

15 – Vancouver

16 – Toronto

17 – Sidney

18 – Chicago

19 – Amsterdã

20 – Bangalore

Tópicos

startups São Paulo

Mais posts

Como está a Oi, um ano depois de sua recuperação judicial?

Um ano após entrar em recuperação judicial, em 20 de junho de 2016, a empresa de telefonia Oi ainda não chegou a um acordo com seus [...]

Smiles investe em e-marketplace de varejo

O programa de fidelidade Smiles vai criar um e-marketplace de varejo que dará milhas para os consumidores que comprarem por meio do [...]

Ex-executivos da Microsoft Brasil criam gestora com até US$ 100 milhões para investir

Os ex-executivos da Microsoft Brasil Mauro Muratório Not e Osvaldo Barbosa de Oliveira criaram a gestora de investimento Openvc, que [...]

Aplicativo 99 tornou-se o primeiro unicórnio brasileiro?

O aporte de US$ 100 milhões realizado pelo fundo japonês SoftBank, em 24 de maio, avaliou a 99 em mais de US$ 1 bilhão, o que faria [...]

Dotz vai abrir escritório no Vale do Silício

O programa de fidelidade Dotz já bateu o martelo. Até julho, a companhia deve anunciar seus planos de abertura de um escritório no Vale [...]
Ver mais