Edição nº 1011 24.03 Ver ediçõs anteriores

Os tablets não param de encolher (e não é de tamanho)

Os tablets não param de encolher (e não é de tamanho)

Quando o iPad, da Apple, foi lançado, em 2010, muitos analistas acreditaram que o equipamento criado por Steve Jobs, morto em 2011, poderia revitalizar o mercado de computadores. Nos primeiros anos, as vendas explodiram. Agora, eles enfrentam um ocaso no mundo e no Brasil.

Segundo dados da consultoria IDC, foram vendidos quatro milhões de tablets, no Brasil, em 2016, uma diminuição de 32%. É o segundo ano consecutivo de queda. Os smartphones de telas grandes estão substituindo iPads e similares na preferência dos consumidores.

(Nota publicada na Edição 1010 da Revista Dinheiro)

Mais posts

A redenção da Samsung?

A fabricante coreana de smartphones Samsung vai lançar, no dia 29 de março, o Galaxy S8. O anúncio é a esperança da empresa para voltar [...]

Genish no Itaú

O ex-presidente da Telefônica Brasil, Amos Genish, foi indicado como membro independente do Conselho de Administração do Itaú Unibanco. [...]

Vermelho é a cor mais quente do iPhone

A Apple lançou uma nova versão do iPhone na cor vermelha. O produto é uma parceria da empresa da maçã com a RED, uma instituição que [...]

Os bilionários da tecnologia

Os empreendedores de tecnologia são dos mais numerosos da lista de ricaços da Forbes:

4,5 milhões

É o número de computadores que foram vendidos no Brasil, em 2016, segundo a IDC. É o pior resultado dos últimos 13 anos (Nota publicada na Edição 1011 da revista Dinheiro)

Ver mais

Recomendadas

Copyright © 2017 - Editora Três
Todos os direitos reservados.