Edição nº 1028 21.07 Ver ediçõs anteriores

Os tablets não param de encolher (e não é de tamanho)

Os tablets não param de encolher (e não é de tamanho)

Quando o iPad, da Apple, foi lançado, em 2010, muitos analistas acreditaram que o equipamento criado por Steve Jobs, morto em 2011, poderia revitalizar o mercado de computadores. Nos primeiros anos, as vendas explodiram. Agora, eles enfrentam um ocaso no mundo e no Brasil.

Segundo dados da consultoria IDC, foram vendidos quatro milhões de tablets, no Brasil, em 2016, uma diminuição de 32%. É o segundo ano consecutivo de queda. Os smartphones de telas grandes estão substituindo iPads e similares na preferência dos consumidores.

(Nota publicada na Edição 1010 da Revista Dinheiro)

Mais posts

Telegram filtrado

Conhecido por ser um dos aplicativos mais seguros de troca de mensagens, o Telegram vai precisar filtrar o conteúdo enviado e recebido [...]

Quanto vale um casamento? US$ 3,5 mil para a Ashley Madison

O site de relacionamento Ashley Madison, conhecido por incentivar relações extraconjugais, foi obrigado pela justiça canadense a pagar [...]

31,5%

dos celulares no Brasil possuem internet 4G, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Percentual equivale a 76,3 milhões de linhas ativas (Nota publicada na Edição 1028 da Revista Dinheiro)

Tem spam na linha

Recebe muitas ligações de telemarketing no seu celular? Um estudo recente mostra que o Brasil é um dos países mais afetados pelo spam [...]

A ameaça da Amazon

O reinado soberano do Facebook no mercado de aplicativos de mensagens pode estar ameaçado. De acordo com o site americano AFTV News, a [...]
Ver mais