Edição nº 1037 22.09 Ver ediçõs anteriores

O show não pode parar

Em tempos de Lava Jato, os mares do Brasil estão especialmente agitados para alguns multimilionários que usufruem de belos iates às custas do dinheiro da corrupção. Mas os honestos que apreciam o luxo não precisam se preocupar: as supermáquinas aquáticas estão cada vez melhores e maiores. A São Paulo Boat Show, que ocorre em São Paulo neste mês, apresenta a primeira embarcação vendida no País com duas plataformas laterais retráteis, os chamados beach clubs. Ao serem conectadas à plataforma de popa central, criam um lounge com 18 m2. Trata-se do Intermarine 62 (fotos de 1 a 3), de 151,14 metros, ainda sem preço definido. Há barcos com valores que vão de R$ 59 mil a R$ 2,5 milhões. Dentre os mais caros está o veloz Azimut Verve 40 (foto 4), de R$ 2,5 milhões. Com 40 pés, ele supera os 40 nós de velocidade. Já o Armatti 480 Fly (foto 5), com 48 pés, possui três pavimentos e recebe até 14 passageiros. O preço? A partir de R$ 1,98 milhão.

(Nota publicada na Edição 1035 da Revista Dinheiro)

Mais posts

Bordeaux aberta para visitas

Os apreciadores de vinho costumam colocar as safras da região de Bordeaux, no sudoeste da França, no Olimpo da enocultura. Mas as [...]

Pierre Cardin no teatro

A grife Pierre Cardin lançou o óculos de grau Theatre Edition, em homenagem à relação do designer franco-italiano, fundador da marca, [...]

O leilão dos leilões

No dia 11 de novembro, a casa de leilões Bonham vai iniciar o desmonte de uma das mais valiosas coleções de automóveis do mundo. Ela [...]

Madonna lisboeta

A rainha do pop Madonna tem se mostrado cada vez mais interessada em adquirir uma residência em Lisboa. Ela tem morado num hotel da [...]

Aroma de tecnologia

Um difusor de aromas é algo comum hoje em muitos edifícios e residências. Mas, mesmo um mecanismo simples como esse, também pode ser [...]
Ver mais