Edição nº 1031 11.08 Ver ediçõs anteriores

O polêmico manifesto de um funcionário do Google

O polêmico manifesto de um funcionário do Google

Um manifesto escrito por um funcionário do Google está causando polêmica na empresa. O autor, o engenheiro sênior James Damore, condena a política de diversidade adotada pela companhia de Sundar Pichai. Segundo ele, a prática que visa a dar oportunidades para todas as pessoas, independentemente de fatores como cor de pele, sexo ou crença, acaba resultando na contratação de profissionais menos qualificados. Originalmente publicado na rede interna do Google, o texto foi alvo de críticas pesadas de outros funcionários da empresa e também de internautas que leram parte do artigo que vazou na internet. Após o incidente, ele foi demitido. A demissáo gerou outras críticas, dessa vez por uma falta de liberdade de expressão da companhia. “Ele ultrapassou um limite ao dar espaço a estereótipos de gênero em nosso espaço de trabalho”, afirmou Pichai, em uma mensagem a todos os funcionários do Google. “Sugerir que um grupo de colegas tem traços que o tornam biologicamente menos preparado para um emprego é ofensivo e não é bom.”

(Nota publicada na Edição 1031 da Revista Dinheiro)

Mais posts

Robô desastrado

A Boston Dynamics ganhou fama na internet ao divulgar vídeos de seus robôs correndo, pulando e até realizando acrobacias e movimentos [...]

Substituição de super-heróis na Netflix

A compra da Millarworld pela Netflix, na semana passada, veio em boa hora. A editora de quadrinhos adquirida criou histórias que [...]

Carrinho cheio

Brasileiros que já fizeram pelo menos uma compra online na vida revelam o que querem para comprar mais em sites de comércio eletrônico: [...]

No banco dos réus

Acostumada a figurar nas seções de tecnologia e negócios dos principais sites e revistas do mundo, a Samsung virou, mais uma vez, [...]

US$ 3.436

foi valor alcançado pela moeda virtual Bitcoin nesta semana. O maior já registrado na história, segundo o site de compra e venda de moedas Poloniex (Nota publicada na Edição 1031 da Revista Dinheiro)

Ver mais