NEGÓCIOS

Nº edição: 596 | 11.MAR.09 - 10:00 | Atualizado em 15.04 - 17:34

Ressaca da folia

Disputa das cervejarias pelo espaço no Carnaval do Nordeste rende discussão e até multa, mesmo após o fim da festa

Por ADRIANA MATTOS

i98861.jpg

É PROIBIDO OU NÃO?: bandeiras da Skol na sacada de prédios em Salvador podem custar R$ 600 mil à AmBev
 
TODOS OS ANOS, O CARNAVAL

é o principal palco de disputa das marcas de cerveja do País. As companhias entram num leilão aberto pelos espaços nobres nas ruas e avenidas e lançam ações milionárias na busca pela maior exposição possível no período, que concentra 10% das vendas de todo o verão. Este ano, porém, após anos de trégua branda, AmBev e Schincariol voltaram a protagonizar duelos mais acirrados na festa do Rei Momo. O embate se concentrou sobretudo em Salvador e no Recife, duas das principais capitais brasileiras da festa. Em cada uma delas uma cervejaria tratou de conquistar a primazia através de patrocínios milionários acertados com as prefeituras locais. A capital baiana virou território da Nova Schin. A de Pernambuco, palco da Skol, marca da AmBev. Tentativas de colocar seu bloco na avenida alheia, no entanto, fizeram com que as duas rivais prolongassem o Carnaval de farpas para além da folia.i98862.jpg

EXIGÊNCIA DECLARADA: material da AmBev distribuído no Recife fala em apreensão de produto

O episódio de Salvador ainda ressona como os tambores da Timbalada. A Schincariol, que desembolsou R$ 1,85 milhão para ser a patrocinadora oficial do evento, alega que os espaços em torno dos dois circuitos dos trios elétricos que arrastam os foliões eram de uso exclusivo da marca Nova Schin. E acusa a rival de tentar driblar essa exclusividade com uma espécie de marketing de guerrilha. “Eles davam uma caixa de Skol por apartamento e, em troca, pediam que os moradores colocassem nas sacadas ou janelas uma bandeira amarela com o logotipo da cerveja”, conta Cláudio Silva, superintendente da Sucom, órgão municipal que faz o controle e ordenamento do uso do solo em Salvador. “Tivemos que arrancar tudo.” Cerca de 400 bandeirinhas foram apreendidas. Para cada uma delas, a prefeitura aplicou uma multa de R$ 1.508,20 – um total de R$ 603 mil. Segundo Silva, a AmBev já foi notificada da apreensão e um pedido de esclarecimento foi enviado ao grupo na semana passada. Dentro de poucos dias, diz o superintendente, o auto de infração será encaminhado à cervejaria. A empresa informou na quarta-feira 25 que, até aquele momento, não havia sido informada nem da ação nem da multa. E não se manifestou sobre o ocorrido.

i98863.jpg

DONA DA RUA: Nova Schin pagou R$ 1,85 milhão para ter exclusividade nos circuitos dos trios elétricos em Salvador

No Recife e em Olinda, onde é a patrocinadora oficial do Carnaval há anos, a AmBev agiu para proteger o seu espaço, conquistado com o pagamento de patrocínio de R$ 1,5 milhão. A empresa teria entregado aos bares das cidades uma solicitação, por escrito, para que não vendessem nada além de bebidas da AmBev, apurou a DINHEIRO. Com o emblema “Skol Folia”, o pedido parece com um material publicitário, mas faz uma advertência: “A comercialização de qualquer outro produto diferente dos abaixo indicados resultará na apreensão do mesmo.” No material, há fotos das principais cervejas, refrigerantes e isotônicos do grupo. No Recife Antigo, por exemplo, foliões do bloco Arromba Folia tiveram de entregar para fiscais da Dircon, órgão da prefeitura, latas de Coca-Cola (a AmBev distribui Pepsi) e de Nova Schin que seriam consumidas no sábado 21. Executivos da Schin não falam abertamente, mas em conversas reservadas dizem que essa “intimidação é absurda” e entendem ainda que a AmBev não poderia exigir que os pontos na cidade vendessem apenas produtos da companhia. Oficialmente, a Schin não se pronuncia a respeito do ocorrido no Recife.

Não é de hoje que as cervejarias vivem às turras. Vira-e-mexe, alguém reclama da forma como o rival ganhou uma concorrência no Carnaval. Ou se sente prejudicado por determinada campanha. Depois de quatro anos como patrocinadora do Galo da Madrugada, do Recife, a Schincariol perdeu neste ano a “vaga” para a Skol. E a Kaiser “cedeu” para a Schin, três anos atrás, o posto de anunciante oficial do Carnaval da Rede Globo. Perdas e ganhos fazem parte do negócio. A questão é o que escapa das mãos delas. No Nordeste, especificamente, as cervejarias precisam controlar o direito de uso da marca num espaço público. Isso pode ser nocivo ao consumidor. “Do ponto de vista concorrencial, todos estão errados. A prefeitura, em limitar a concorrência em troca de recursos, e as empresas, em aceitar essa situação usando o poder econômico”, diz Luis Carlos Pascual, especialista em direito concorrencial.


Multimídia

Quem vai mandar nessa turma?

Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica, prepara-se para passar o comando da empresa para seus filhos. em jogo, um negócio que movimenta mais de R$ 2 bilhões em 30 países

A fórmula do milionário das farmácias

Sidney Oliveira, presidente da Ultrafarma, transformou sua pequena farmácia em uma empresa de R$ 650 milhões. Confira os bastidores da reportagem de André Jankavski

Os novos empreendedores do mercado erótico

Conheça histórias de empresários que mudaram radicalmente de ramo e decidiram apostar na indústria do prazer - que atualmente movimenta mais de US$ 46 bilhões por ano no mundo

Economia - Um vice-presidente com voz própria e personalidade forte

Crédito: Roberto Castro/Ag. Istoé

- - Fatos em Destaque

- - Fatos em Destaque


  • hermes mode

    em 13/03/2014 13:56:28

    hermes bags collection 55 villages Ressaca da folia - ISTOÉ Dinheiro

    Denuncie esse comentário

    • hermes bags online

      em 09/03/2014 21:43:20

      hermes usa alto saxophone Ressaca da folia - ISTOÉ Dinheiro

      Denuncie esse comentário

      • hermes portugal

        em 09/03/2014 17:17:59

        hermes jewellery uk Ressaca da folia - ISTOÉ Dinheiro

        Denuncie esse comentário

        • christian louboutin carlota

          em 05/03/2014 23:32:06

          christian louboutin bianca 37 Ressaca da folia - ISTOÉ Dinheiro

          Denuncie esse comentário

          • hermes fake bracelet

            em 23/02/2014 00:44:29

            hermes dogon purse fake Ressaca da folia - ISTOÉ Dinheiro

            Denuncie esse comentário

            • wholesale bags

              em 17/02/2014 10:51:05

              Ressaca da folia - ISTOÉ Dinheiro

              Denuncie esse comentário

              Por favor, preencha todos os campos abaixo para deixar seu comentário.
              A Istoé Dinheiro pode utilizar este comentário para divulgação na revista impressa.

                Isto é compartilhar

                Divida sua leitura com seus amigos

                Colunas

                ver todos
                publicidade

                Edições especiais

                índice de matérias edições anteriores edições especiais assine a revista

                © Copyright 1996-2011 Editora Três
                É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
                Fechar [X]