ECONOMIA

online | POLÍTICA | 01.DEZ.10 - 10:00 | Atualizado em 18.04 - 12:32

Maior doador de campanha de Dilma deve ao BNDES

Por AE

O grupo JBS-Friboi, que recebeu empréstimo de aproximadamente R$ 3,5 bilhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), foi o maior doador da campanha da petista Dilma Rousseff: R$ 10 milhões doados em seis repasses entre agosto e setembro. Apesar do favoritismo e da vitória, a campanha do PT terminou as eleições com uma dívida de R$ 27,7 milhões.

 

A estratégia oficial do BNDES era transformar os frigoríficos em gigantes mundiais. Os empréstimos, vistos com desconfiança pelo mercado, bancaram a aquisição de empresas estrangeiras pelos frigoríficos brasileiros. E o grupo JBS foi o principal destinatário dos recursos da instituição. Dados recentes apontavam que o BNDES tinha 21% do capital do JBS-Friboi.

 

O segundo maior doador da campanha foi a Camargo Corrêa, uma das construtoras que toca obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que tiveram irregularidades graves apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A empreiteira doou R$ 8,5 milhões para campanha. Outra empresa responsável por obras com pendências no TCU, a Construtora Queiroz Galvão, foi a terceira maior doadora - R$ 5,1 milhões. A OAS, também responsável por obras em situação irregular do PAC, doou outros R$ 3 milhões para a campanha. Entre os bancos, o Itaú foi o maior doador da campanha de Dilma: R$ 4 milhões.

 

Os dados fechados de receitas e despesas da campanha de Dilma foram entregues ontem ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Todas as informações, incluindo as notas fiscais, serão analisadas em regime de mutirão por técnicos do TSE e auditores do Tribunal de Contas da União (TCU). As contas deverão ser julgadas até o dia 9 . Se aprovadas, Dilma será diplomada no dia 17 e tomará posse no dia 1.º de janeiro.

 

No total, a campanha de Dilma arrecadou R$ 148,8 milhões, dos quais R$ 105 milhões foram arrecadados antes do primeiro turno. As despesas da campanha somaram R$ 176,5 milhões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Saiba quem são os maiores doadores:

JBS Friboi: R$ 10 milhões
Camargo Correa: R$ 8,5 milhões
Queiroz Galvão: R$ 5,1 milhões
Andrade Gutierrez: 4,6 milhões
Itaú: R$ 4 milhões
Cosan: R$ 3,2 milhões
 

Copyright © 2010 Agência Estado. Todos os direitos reservados.


ASSUNTOS RELACIONADOS

Multimídia

A missão mais difícil de Belini

O executivo que fez da Fiat a maior montadora do País tem pela frente a tarefa de manter a liderança do mercado em um ambiente de crise, cercado por concorrentes cada vez mais agressivos e numerosos. Confira os bastidores da reportagem

Quem vai mandar nessa turma?

Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica, prepara-se para passar o comando da empresa para seus filhos. em jogo, um negócio que movimenta mais de R$ 2 bilhões em 30 países

Os novos empreendedores do mercado erótico

Conheça histórias de empresários que mudaram radicalmente de ramo e decidiram apostar na indústria do prazer - que atualmente movimenta mais de US$ 46 bilhões por ano no mundo

Economia - Um vice-presidente com voz própria e personalidade forte

Crédito: Roberto Castro/Ag. Istoé

- - Fatos em Destaque

- - Fatos em Destaque


  • ray ban outlet

    em 05/01/2014 02:31:48

    I hear McDonalds is gonna introduce a sandwich in Michael Jackson's memory called the McJackson, it will have 50 yr. old meat in a 13 yr. old bun.

    Denuncie esse comentário

    • tips about seo

      em 19/12/2013 08:52:32

      3BYIzT Looking forward to reading more. Great blog post.Really looking forward to read more.

      Denuncie esse comentário

      • Jener Moreira

        em 01/12/2010 12:10:20

        Desse jeito ate meu cachorro seria eleito presidente dessa Patria infeliz. Obvio que o governo esta de comum acordo com essas empresas corruptas fazendo vista grossa ao roubo realizado em nossos bolsos, com o objetivo de obter recursos para financiar esta campanha. Venceu Jesus ne Dilma! veremos

        Denuncie esse comentário

        Por favor, preencha todos os campos abaixo para deixar seu comentário.
        A Istoé Dinheiro pode utilizar este comentário para divulgação na revista impressa.

          Isto é compartilhar

          Divida sua leitura com seus amigos

          Colunas

          ver todos
          publicidade

          Edições especiais

          índice de matérias edições anteriores edições especiais assine a revista

          © Copyright 1996-2011 Editora Três
          É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
          Fechar [X]