NEGÓCIOS

online | Defesa | 18.DEZ.13 - 21:04 | Atualizado em 18.04 - 12:19

Escolha de caça sueco pelo Brasil é "decepcionante", diz rival Boeing

Empresa americana concorria ao contrato bilionário com o jato F/A 18 E-F Super Hornet

Por Redação

A americana Boeing classificou de “decepcionante’’ a escolha do caça Gripen NG pela Força Aérea Brasileira (FAB). A Boeing também concorria ao contrato bilionário de compra de novas aeronaves para reforçar a defesa do País. O modelo oferecido pela americana era o caça F/A-18 E-F Super Hornet.

 
Em uma curta nota à imprensa, a companhia afirmou que “embora decepcionante para a Boeing, a decisão, de forma alguma, diminui o comprometimento da empresa em expandir sua presença, ampliar suas parcerias e apoiar as necessidades do Brasil em termos de segurança”.
 
Segundo antecipou a revista Isto É, o caça da Boeing era o preferido da FAB, mas tornou-se politicamente inviável, após o escândalo de espionagem do governo brasileiro por parte da agência americana de inteligência NSA.
 
Nesta tarde, o ministro da Defesa, Celso Amorim, e o comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, anunciaram a escolha do caça fabricado pela sueca Saab. O contrato é de US$ 4,5 bilhões para o fornecimento de 36 aviões entre 2018 e 2023.
 
A disposição da Saab em transferir tecnologia para o Brasil também pesou na escolha do Gripen NG. Um grupo de empresas brasileiras, liderado pela Embraer, vai participar do desenvolvimento e da construção dos caças. Segundo o ministro Saito, cerca de 80% do corpo do jato será fabricado no País.
 

Multimídia

A missão mais difícil de Belini

O executivo que fez da Fiat a maior montadora do País tem pela frente a tarefa de manter a liderança do mercado em um ambiente de crise, cercado por concorrentes cada vez mais agressivos e numerosos. Confira os bastidores da reportagem

Quem vai mandar nessa turma?

Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica, prepara-se para passar o comando da empresa para seus filhos. em jogo, um negócio que movimenta mais de R$ 2 bilhões em 30 países

Os novos empreendedores do mercado erótico

Conheça histórias de empresários que mudaram radicalmente de ramo e decidiram apostar na indústria do prazer - que atualmente movimenta mais de US$ 46 bilhões por ano no mundo

Economia - Um vice-presidente com voz própria e personalidade forte

Crédito: Roberto Castro/Ag. Istoé

- - Fatos em Destaque

- - Fatos em Destaque


  • stunning seo guys

    em 18/04/2014 12:19:01

    XsLZBo Thanks a lot for the blog.Much thanks again. Keep writing.

    Denuncie esse comentário

    • seo for cheap

      em 01/04/2014 09:03:02

      zClNIZ Say, you got a nice blog article.Much thanks again. Cool.

      Denuncie esse comentário

      • check it out

        em 22/03/2014 16:30:24

        w8qEtv Thanks for the blog article.Thanks Again. Much obliged.

        Denuncie esse comentário

        • awesome things!

          em 21/01/2014 15:14:13

          jfrLhH I think this is a real great blog article.Much thanks again. Want more.

          Denuncie esse comentário

          Por favor, preencha todos os campos abaixo para deixar seu comentário.
          A Istoé Dinheiro pode utilizar este comentário para divulgação na revista impressa.

            Isto é compartilhar

            Divida sua leitura com seus amigos

            Colunas

            ver todos
            publicidade

            Edições especiais

            índice de matérias edições anteriores edições especiais assine a revista

            © Copyright 1996-2011 Editora Três
            É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
            Fechar [X]